Vencedor de concurso de fotos microscópicas faz descoberta científica

Vencedor de concurso de fotos microscópicas faz descoberta científica

Último Vídeo

Divulgado na última terça-feira (13), o resultado do concurso de fotografia Nikon Small World impressionou pela qualidade das fotos e pelas técnicas utilizadas pelos fotógrafos-pesquisadores para obter efeitos de luz sob condições microscópicas nas quais as fotos foram realizadas.

A competição, que acontece há 46 anos, busca compartilhar imagens microscópicas em composições que combinam arte e ciência.

Fonte: Ahmad Fauzan/2020 Photomicrography Competition/Reprodução
5º lugar: Traça nativa na Austrália e Nova Zelândia (Fonte: Ahmad Fauzan/2020 Photomicrography Competition/Reprodução)

Para o gerente de comunicações da Nikon, Eric Flem, “À medida que as técnicas e tecnologias se tornam mais avançadas, temos o orgulho de apresentar os registros que a combinação de pesquisa, criatividade, tecnologia de imagem e experiência pode trazer para as descobertas científicas”.

Uma descoberta científica

Fonte: Castranova et al./2020 Photomicrography Competition/Reprodução

O grande vencedor do concurso foi Daniel Castranova que, com o apoio de Brant M. Weinstein e Bakary Samasa, conseguiu unir mais de 350 registros individuais de um peixe-zebra numa foto final que mostra o dorso da cabeça do animal com um esqueleto fluorescente, escamas azuis e um destacado sistema linfático em laranja.

(Fonte: Vasileios Kokkoris et al./2020 Photomicrography Competition/Reprodução)
4º lugar: Esporos de um fungo do solo (Fonte: Vasileios Kokkoris et al./2020 Photomicrography Competition/Reprodução)

O que mais impressiona na foto, além da sua beleza, é uma descoberta científica adicional: a de que o peixe-zebra possui vasos linfáticos dentro do seu crânio, algo que se supunha ser um atributo exclusivo dos mamíferos. Como esse tipo de peixe é um dos mais usados em testes de laboratório do mundo, a descoberta pode se revelar muito útil em pesquisas do câncer e do Alzheimer.

Pequenas maravilhas

Fonte: Foto: Daniel Knop/2020 Photomicrography Competition/Reprodução
2º lugar: Embriões do peixe-palhaço (Fonte: Foto: Daniel Knop/2020 Photomicrography Competition/Reprodução)

A foto que obteve o segundo lugar no concurso foi uma imagem composta por cinco registros do desenvolvimento embrionário de um peixe-palhaço (Amphiprion percula), durante registros efetuados em quatro dias pelo fotógrafo de natureza Daniel Knop. As fotos compreendem a fertilização, desde algumas horas após, até momentos antes da eclosão.

Fonte: Foto: Daniel Knop/2020 Photomicrography Competition/Reprodução
3º lugar: Rádula de caracol (Fonte: Igor Siwanowicz/2020 Photomicrography Competition/Reprodução)

O terceiro lugar foi para um close-up multicolorido da rádula (espécie de língua) de um caracol de água doce, capturado por Igor Siwanowicz, um bioquímico e neurobiologista do Instituto Max Planck de Munique, na Alemanha.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.