Vovó russa se torna campeã mundial de arremesso de facas

Vovó russa se torna campeã mundial de arremesso de facas

Último Vídeo

Qual a principal habilidade da sua avó? No caso de Galina Chuvina, uma mulher russa aposentada de 68 anos, é o arremesso de facas. Vinda da cidade de Sasovo, no interior da Rússia, ela começou a desenvolver a habilidade como um hobby e agora se tornou campeã mundial de arremesso de facas pela oitava vez.

Em 2007, quando ainda tinha 56 anos de idade, Chuvina começou a se aventurar com os objetos pontiagudos pela primeira vez. Agora, 13 anos mais tarde, ela desperta inveja em seus desafiantes!

Treinando o arremesso de facas

(Fonte: Galina Chuvina)
(Fonte: Galina Chuvina)

Tudo começou quando Galina ainda trabalhava como guardadora de casacos em uma piscina local. Um belo dia, dois jovens se apresentaram ao dono do estabelecimento com o intuito de abrir uma academia de instrução de arremesso de facas nas remediações do clube.

Incentivada pela curiosidade, a russa logo se ofereceu para ser uma das primeiras alunas da turma. Com apenas um mês e meio de treinamento, a idosa então descobriu que sua cidade seria sede de um campeonato de arremesso de faces, que envolveria cerca de 50 participantes, como soldados de forças especiais, profissionais e amadores como ela.

Para a surpresa do público, Galina Chuvina superaria todos os outros desafiantes e sairia de seu primeiro concurso ostentando o troféu de primeiro lugar.

Calando os críticos

(Fonte: Galina Chuvina)
(Fonte: Galina Chuvina)

Em meio a muitas dúvidas, a vitória de Chuvina foi rotulada como “sorte de principiante”. Entretanto, ela logo daria um jeito de calar os críticos ao conquistar o Campeonato Nacional de Arremesso de Facas ainda em 2007, na cidade de Moscou. 

Depois de ser presenteada com um moedor de carne, um novo celular e um colchão de ar, a russa decidiu que deveria se dedicar mais às suas habilidades. No total de sua carreira, a mulher ostenta oito títulos de calibre nacional, europeu e mundial, além de outras 50 medalhas.

Entretanto, os bons resultados esportivos nunca se converteram em sucesso financeiro. Apesar de receber ofertas de pais para ensinar o arremesso de faca para seus filhos, esses projetos nunca se concretizaram e Galina se recusou a voltar para seu trabalho antigo.

Atualmente, a aposentada vive em uma residência humilde na sua cidade natal e sobrevive apenas com uma pensão mensal de 17 mil Rublos russos, o que equivale a, aproximadamente, R$ 1.236.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.