Escultura de águia é encontrada em templo asteca no México

Uma escultura de águia foi encontrada em um templo asteca antigo no México. A estátua tem 1,06 metro de comprimento e 70 centímetros de largura, sendo o maior tesouro encontrado no local. As informações foram publicadas no jornal mexicano Cambio de Michoacán.

A estátua e os outros itens semelhantes foram descobertos por arqueólogos do Instituto de Antropologia e História Nacional do México. A descoberta foi anunciada na segunda-feira passada (25) e permitiu entender um pouco mais sobre a cultura do local.

(Fonte: Mirsa Islas/Live Science/Reprodução)
(Fonte: Mirsa Islas/Live Science/Reprodução)

Escultura de águia é cravada no chão

Os artefatos foram encontrados no Templo Mayor, uma pirâmide construída na antiga capital asteca, região conhecida atualmente como a Cidade do México.

A escultura de águia em questão é um baixo relevo criado por artistas e foi finalizada há mais de 600 anos. A obra de arte pode ter sido uma homenagem ao deus do Sol e da Guerra, Huitzilopochtli. Afinal, ele é o patrono da cidade e os residentes costumavam frequentar o Templo Mayor para venerá-lo. Além disso, o local também é dedicado ao deus da Chuva, Tlaloc.

Além disso, a águia era um símbolo poderoso para os astecas. Segundo sua mitologia, o animal esteve presente no nascimento do Sol e foi o símbolo de guerreiros poderosos durante o período.

(Fonte: Mirsa Islas/Live Science/Reprodução)
(Fonte: Mirsa Islas/Live Science/Reprodução)

Para os astecas, o templo era localizado no coração do mundo físico, mítico e espiritual. O monumento foi construído no século XV por Itzcoatl, líder asteca de 1427 a 1440. Então, os próximos reis também contribuíram para erguer e aprimorar o local magnífico.

A escultura de águia cravada no chão estava escondida por outro piso, provavelmente construído durante o reinado de Ahuítzotl (entre 1486 e 1502). Segundo os arqueólogos, essa segunda construção foi justamente o que preservou a escultura com todos os seus detalhes. Afinal, a obra ficou escondida por todo esse tempo e nunca foi descoberta pelos espanhóis. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.