Seja o primeiro a compartilhar

1º transplante de rosto e mãos é realizado nos EUA

O norte-americano Joe Dimeo foi o primeiro paciente a passar por uma cirurgia de transplante de rosto e das duas mãos com sucesso. A cirurgia durou 23 horas e envolveu 140 profissionais, sendo realizado no hospital NYU Langone, em Nova York. O resultado positivo da operação foi anunciado nesta quarta-feira (3).

Joe teve queimaduras de 3° grau em 80% de seu corpo. Os ferimentos foram resultado de um acidente de carro em julho de 2018. Ao longo do tempo, foram 20 cirurgias reconstrutivas. Porém, o paciente continuou com diversas feridas externas.

Paciente tinha dedos amputados e cicatrizes faciais

Dentre as lesões, inclui-se a amputação das pontas de todos os seus dedos. Além disso, ele também ficou sem lábios e sem pálpebras após o acidente. Dessa forma, os ferimentos afetavam sua visão e movimentação, impedindo Joe de ter uma vida independente.

A cirurgia foi realizada em julho de 2020, porém os resultados só foram divulgados nesta semana. Joe foi declarado como apto para receber o transplante em agosto de 2019. Mas, infelizmente, os procedimentos foram atrasados pela pandemia.

As transfusões de sangue durante as cirurgias reconstrutivas garantiam apenas 6% de chances de encontrar um doador compatível. Felizmente, este doador foi encontrado no estado de Delaware, a 180 quilômetros de Nova York.

(Fonte: Reuters/Reprodução)
(Fonte: Reuters/Reprodução)

O transplante de rosto de Joe Dimeo foi a 4ª cirurgia do tipo realizada pela equipe de cirurgiões do hospital, liderada pelo Dr. Eduardo Rodriguez. Porém, é a primeira vez que o procedimento é realizado simultaneamente com o transplante de ambas as mãos.

Para recuperar o movimento das mãos, Joe precisa fazer cinco horas de fisioterapia por dia. Além disso, ele é dependente de uma extensa lista de medicamentos para evitar que seu corpo rejeite os órgãos. Segundo o paciente, ele é extremamente grato à família do doador e espera que eles encontrem conforto em saber que uma parte do ente querido ainda vive e ajudou Joe a recuperar o controle de sua vida. 

(Fonte: AP/Reprodução)
(Fonte: AP/Reprodução)
Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.