Seja o primeiro a compartilhar

Aracnofobia: por que as pessoas têm medo de aranha?

Você fica todo arrepiado e morrendo de medo só de imaginar uma aranha? Se a sua resposta foi positiva, é bem provável que você sofra de aracnofobia. O termo fobia é utilizado para descrever temas que causam terror na mente humana, e a aracnofobia é a palavra que descreve o medo específico de aracnídeos.

Pessoas que sofrem com fobias costumam apresentar graus de ansiedade incapacitantes, o que faz com que seja praticamente impossível enfrentar o objeto de medo de frente. Porém, não se sinta só. A aracnofobia é uma das fobias mais comuns no mundo e possui tratamentos para amenizá-la!

Compreendendo a aracnofobia

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Em números gerais, uma a cada três mulheres e um a cada cinco homens afirmam ter grande medo de aranhas — números particularmente grandes para o medo de um animal tão comum no cotidiano das cidades. Mas o que é responsável por fazer com que tantos humanos sofram de aracnofobia?

Não existe resposta exata para essa pergunta. Para alguns, pode ser o peculiar modo como esses animais utilizam seu conjunto de patas para escalar pelas nossas paredes. Para outros o problema talvez esteja nos cantos sombrios onde as aranhas costumam se esconder até encontrarem uma nova presa.

Porém, será que elas realmente oferecem algum perigo para as nossas vidas? É certo que algumas espécies de aranhas são venenosas, mas elas costumam ser inofensivas quando deixadas em paz. Além disso, as aranhas possuem uma dieta balanceada de insetos, ajudando a manter vários locais livres de mosquitos e outros bichos incomodos.

Origem do medo de aranhas e tratamento

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)


De acordo com a comunidade biológica, o nosso medo de aranhas pode estar ligado aos nossos antepassados, visto que os macacos também podem desenvolver um medo inconsciente dessas criaturas. O sentimento estaria ligado ao nosso instinto de sobrevivência, que as detecta como uma ameaça.

Dessa forma, a aracnofobia é uma patologia tão antiga quando a nossa existência. A boa notícia é que existem maneiras de tentar superar esse trauma. Assim como em outros problemas psicológicos, a aracnofobia pode ser discutida em sessões de terapia em uma tentativa de amenizar a resposta irracional do corpo.

Isso não significa necessariamente que o indivíduo passará a gostar de aranhas, mas que sua fobia poderá se transformar em um simples "desafeto" após algumas sessões de acompanhamento psicológico.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.