Seja o primeiro a compartilhar

Empresa acha fósseis de dinossauros durante obra em rodovia em SP

A EixoSP, concessionária de rodovias responsável por mais de 1,2 mil km de estradas no estado de São Paulo, encontrou por acidente fósseis de dinossauros enquanto realizava uma obra.

A descoberta aconteceu enquanto uma nova galeria para escoamento de água das chuvas era construída em uma estação de pedágio da SP-294, também conhecida como Comandante João Ribeiro de Barros, na região entre os municípios de Irapuru e Pacaembu.

Sem querer

As obras estavam a uma profundidade de 20 metros quando os trabalhadores da Eixo SP perceberam a presença de fragmentos de ossos e outros elementos incomuns. No mesmo momento, todas as operações foram paralisadas para que especialistas fossem consultados. Após receberam fotos do material, eles rapidamente foram ao local avaliar melhor o material.

Algumas das descobertas da escavação.Algumas das descobertas da escavação.

A equipe de pesquisadores foi liderada pelo paleontólogo Fabiano Vidoi Iori e pelo biólogo Leonardo Paschoa, que fazem parte do Museu de Paleontologia Pedro Candolo, que fica na cidade de Uchoa-SP. 

Parte das obras na lateral da rodovia.Parte das obras na lateral da rodovia.

Durante 15 dias, eles avaliaram a descoberta em uma área isolada, até escavarem e levarem o material para análises mais precisas.

O que foi descoberto?

De acordo com os especialistas, o solo abrigava "dezenas de fragmentos" de ossos de titanossauros, dinossauros herbívoros com longos pescoços que podiam chegar a 20 metros de altura, além de dentes de abelissaurídeos, que eram predadores bípedes.

Dentes e garras que estavam sob o solo.Dentes e garras que estavam sob o solo.

Outras descobertas incluem  ossos, escamas e dentes de crocodiliformes, algumas escamas de peixes não identificados e restos de cascos e esqueletos de cágados. Por causa dessa diversidade, especula-se que a região já foi formada por rios e lagos no Período Cretáceo, datado de 85 milhões de anos atrás.

Os fósseis descobertos serão expostos no Museu de Paleontologia de Uchoa quando o espaço for devidamente reaberto, após flexibilizações de medidas de distanciamento social por causa da pandemia da covid-19. 

Até uma retroescavadeira foi usada para ajudar a liberar o solo.Até uma retroescavadeira foi usada para ajudar a liberar o solo.

Além disso, eles serão estudados para melhor avaliar que espécies de dinossauros são aquelas e se todas já estão devidamente catalogadas. Os pesquisadores estão especialmente empolgados com as estruturas cranianas encontradas, já que elas podem trazer respostas sobre que animais habitavam o local em períodos remotos. 

Outros materiais, que foram identificados como fezes fossilizadas, podem trazer respostas sobre hábitos alimentares das espécies.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.