Existe alguma coisa além do Universo?

Uma das características mais primordiais dos seres humanos é a curiosidade. Desde jovens aprendemos a buscar por mais informações, sejam elas sobre coisas banais ou por verdades fundamentais que cercam a nossa existência. Dentro disso, um dos maiores dilemas abordados pela humanidade é quanto a vastidão do Universo.

Afinal, o que existe além dos limites que conhecemos? O que está presente além da borda dos mapas? As respostas para essas perguntas não são nada fáceis e envolvem uma enorme gama de temas. Primeiramente, precisaremos definir o conceito que interpretamos como Universo. Vamos lá!

O que é o Universo?

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Se por Universo nós desejamos nos referir a todas as coisas existentes no tempo e espaço, então seria basicamente impossível que algo existe além desses termos. Dentro dessa definição, mesmo que você imaginasse o Universo como algo finito, algo que surgisse depois ou além desse volume também deveria ser incluído na representatividade.

Até mesmo se algo fosse sem forma, definição, nome ou até mesmo um enorme vazio composto de absolutamente nada, isso ainda seria considerado uma coisa por definição e deveria entrar para a lista de "todas as coisas" — o que por si só também faria parte do Universo como um todo.

Porém, se definirmos o Universo como tudo aquilo que podemos ver, então as coisas passam a ficar mais complicadas. Pelo fato do cosmos ser tão antigo e vasto, e a luz viajar tão rápida, nós ainda não recebemos a luz de todas as galáxias existentes. Atualmente, a largura do Universo observável é de cerca de 90 bilhões de anos-luz. Depois desse limite, somente a imaginação pode alcançar.

O caso da curvatura

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Dentro do campo da cosmologia, ainda não existe uma definição sobre o Universo ser infinitamente vasto ou apenas muito grande. Para isso, existe a "teoria da curvatura". Se o Universo for perfeitamente plano, então é mais provável que ele seja infinito. Porém, se ele for curvado como a Terra, seria necessário que uma hora ele alcançasse seu limite.

As observações e medições atuais da curvatura do universo indicam que ele é quase perfeitamente plano, o que provavelmente indicaria que ele é infinito. Entretanto, a questão não acaba por aí. Em alguns modelos científicos, pesquisadores estipulam a possibilidade de o Universo ser tridimensional e incluir outra variável além do tempo e do espaço, uma construção multidimensional que envolve modelos físicos bastante exóticos.

A questão definitivamente não é nada fácil e pode causar bastante dor de cabeça. O que nós sabemos, no entanto, é que a cosmologia continuará procurando mais informações sobre o inimaginável enquanto os seres humanos existirem, visando um dia poder saber mais sobre essa incrível vastidão a qual fazemos singela participação.


Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.