Seja o primeiro a compartilhar

Pessoas baixinhas são mesmo mais bravas que as altas?

Quem foi baixinho a vida toda provavelmente já ouviu falar que as pessoas de baixa estatura são mais irritadas que as demais, mas até que ponto isso é verdade? Segundo um estudo publicado no BMJ Journals, essa teoria tem fundamento e que principalmente os homens de menor altura costumam ser mais nervosos.

Em um estudo liderado pelo estado da Georgia, nos Estados Unidos, o Centro de Controle de Doenças (CDC) de Atlanta entrevistou 600 homens com idade entre 18 e 50 anos para tirar suas conclusões sobre a percepção do sexo masculino quando o assunto é autoimagem, comportamento em relação ao consumo de drogas, violência e crime. 

Insegurança

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Conforme os dados apresentados pela pesquisa, os homens mais baixos costumam se sentirem menos masculinos e estão três vezes mais propensos ao risco de cometerem atos violentos. Essa "síndrome", também chamada de "estresse de discrepância masculina", fazia com que agressões violentas com uma arma ou agressões que causaram ferimentos fossem mais recorrentes nesse grupo.

Entre os principais fatores para que os pacientes estudados se sentissem menos masculinos seria a altura menor do que a média do restante da sociedade. Em outro documento produzido pela Universidade de Oxford, a instituição de ensino superior inglesa afirmou que a "Síndrome do Homem Pequeno" realmente existe e mexe com o comportamento de pessoas baixas.

A descoberta feita pela universidade demonstra que baixar ou satirizar a altura de uma pessoa pode aumentar a sensação de vulnerabilidade em situações sociais e consequentemente aumentar os níveis de paranoia, o que pode provocar um excesso de agressividade com o passar do tempo.

Complexo de Napoleão

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

Os estereótipos quanto a altura de uma pessoa não são nem um pouco uma temática nova na sociedade. No passado, a insegurança de pessoas baixinhas relacionada a pequena estatura chegou a ser batizada de "Complexo de Napoleão" — em homenagem ao pequenino líder militar francês Napoleão Bonaparte.

Medindo 1,70 metro, Napoleão era visto como uma figura explosiva entre os franceses e constantemente feito de piada por seu tamanho. Se por um lado é possível que essa característica física tenha lhe tornado mais vulnerável e agressivo, também foi importante para que ele liderasse campanhas de sucesso durante as Guerras Revolucionárias Francesas.

Apesar da amostragem das pesquisas feitas sobre a temática ainda ser pequena, os estudos iniciais mostram que a altura provavelmente tenha influência no comportamento de uma pessoa. Entretanto, qualquer tipo de generalização ainda pode soar deselegante e injusta no dia a dia. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

Comentários

Você já percebeu que passamos por algumas mudanças por aqui, né? Uma delas é melhorar também o nosso campo de comentários - e nada melhor do que você, nosso leitor, para nos ajudar e garantir que a gente esteja no caminho certo. Substituímos temporariamente nossos comentários por uma pesquisa rápida para implementarmos mais uma melhoria. Como você acredita que nossa interação pode ser mais próxima aqui?

CLIQUE AQUI PARA RESPONDER