16
Compartilhamentos

Quais são os 3 trens mais rápidos do mundo?

Antes de virar inspiração para músicas que tocaram à exaustão em todo lugar do Brasil, o trem-bala era apenas uma maneira de se deslocar rapidamente — e, com isso, a gente quer dizer muito rapidamente, já que os primeiros trem-bala já alcançavam mais de 280 km/h. O primeiro veículo desse tipo foi o Tokaido Shinkansen, que liga Tóquio a Osaka, no Japão, e foi inaugurado em 1964.

Desde então, a tecnologia dos trens-bala evoluiu bastante — a propósito, o nome mais correto para eles é "trem de alta velocidade" ou high-speed rail transit, com a sigla HRT, em inglês. Assim, eles se espalharam pela Ásia, Europa, Estados Unidos e uma linha foi inaugurada na África (em Marrocos), em 2018. Já aqui no Brasil... Pois é!

Mas, de todos os trens-bala que existem no mundo, qual é o mais veloz? O site Fleet Logging, especializado em transportes, fez um infográfico bem interessante para você visualizar a diferença entre os 20 trens mais rápidos do mundo. A seguir, a gente mostra mais detalhes sobre o top 3. Spoiler: dois são chineses!

3º: TGV (França)

Velocidade: 320 km/h

Imagem: Wikimedia CommonsImagem: Wikimedia Commons

Começando pela medalha de bronze, o TGV francês — sigla para train à grande vitesse  ou trem de alta velocidade, no idioma do biquinho — tem velocidade operacional de até 320 quilômetros por hora. Ele empata com outros três locomotivas de outros países — o E320 britânico, os Shinkansen séries E6, E5 e H6 japoneses e o Al Boraq marroquino —, mas desempatam por ter a maior velocidade em testes.   

Durante uma prova, em 2007, um TGV chegou a 574 km/h. Mesmo assim, os trens são limitados a 320 km/h, no dia a dia, por questões de segurança e custos — já é rápido o bastante, não é mesmo?

2º: Blue Dolphin/Golden Phoenix (China)

Velocidade: 350 km/h

Imagem: Wikimedia CommonsImagem: Wikimedia Commons

Os chineses só começaram a construir trens-bala nos anos 2000, mas, assim como seus trens, eles foram rápidos em pegar os dois primeiros lugares dessa lista. Com 350 km/h de velocidade operacional, os modelos da série CR400AF/CR400BF ficam na segunda posição. Esses trens são utilizados em diversas linhas que ligam grandes cidades na China e também são chamados de Blue Dolphin (golfinho azul) ou Golden Phoenix (fênix dourada), dependendo da cor que são pintados. 

1º: Shanghai MagLev (China)

Velocidade: 431 km/h

Imagem: West China Tour/ReproduçãoImagem: West China Tour/Reprodução

Para terminar nosso top 3, a medalha de ouro fica com um trem diferente: o Shanghai MagLev, como nome sugere, levita sobre os trilhos por magnetismo. Desse modo, ele consegue chegar a mais de 430 km/h — há até um visor para mostrar a velocidade para os passageiros — e percorrer 30 quilômetros em cerca de sete minutos.

Só há uma linha com esse MagLev, com duas paradas, ligando o aeroporto de Pudong a uma estação de metrô nos arredores de Shanghai. Depois da emoção de andar a mais de 430 km/h, o passageiro precisa embarcar no metrô comum da cidade — ou pegar o trem de 350 km/h para ir a outras cidades chinesas. 

Ainda assim, o Shanghai MagLev poderá parecer uma maria-fumaça de tão lenta, caso os planos do Hyperloop deem certo. O projeto da Virgin pode chegar a 1223 km/h!

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.