Seja o primeiro a compartilhar

Ovo de dinossauro de 159 milhões de anos é apreendido na Itália

Funcionários da agência alfandegária italiana encontraram um autêntico ovo de dinossauro fossilizado em meio a diversos pacotes importados que chegaram ao país por meio do Aeroporto Internacional Orio al Serio, em Bergamo. A descoberta surpreendente aconteceu no dia 13 de junho, durante uma verificação de rotina.

De acordo com a Alfândega da Itália, o objeto pré-histórico estava embrulhado em uma caixa de papelão enviada da Malásia. Ao passar pela seção de verificação de produtos oriundos do comércio eletrônico, a embalagem chamou a atenção dos oficiais, que tiveram uma grande surpresa ao abri-la.

No interior da caixa, havia um “ovo fossilizado incrustado em um sedimento rochoso”, de aproximadamente 12 cm de diâmetro, envolto em plástico bolha. O material estava acompanhado de um certificado de origem duvidosa, emitido por uma falsa organização, verificada posteriormente, conforme as informações do órgão.

(Fonte: Agência Alfandegária e Monopólios da Itália/Reprodução)(Fonte: Agência Alfandegária e Monopólios da Itália/Reprodução)

As autoridades acreditam que o ovo de dinossauro tenha origem na China e foi encaminhado pela Malásia. Os oficiais não conseguiram encontrar o remetente, mas acharam o destinatário do objeto, que resolveu transferir a sua propriedade ao governo da Itália.

Ovo pertencia a um shunossauro

Entregue à Superintendência de Arqueologia, Belas Artes e Paisagem da Itália, o ovo de dinossauro apreendido no aeroporto de Bérgamo foi identificado como pertencente a um shunossauro. A espécie viveu há aproximadamente 159 milhões de anos, entre o final do período jurássico e o início do cretáceo.

Os primeiros fósseis de shunossauros foram encontrados na China, em 1977, durante escavações feitas em uma rodovia, e catalogados em 1983 por paleontólogos. Posteriormente, os cientistas acharam mais 20 esqueletos, alguns quase completos, possibilitando estudar melhor estes saurópodes que tinham em torno de 10 metros de comprimento.

Esqueleto de um shunossauro. (Fonte: Wikimedia Commons)Esqueleto de um shunossauro. (Fonte: Wikimedia Commons)

Fósseis extremamente raros como este ovo de shunossauro atraem as atenções de traficantes de todas as partes do planeta, que tentam lucrar com a venda de tais objetos. Por conta disso, as autoridades estão sempre de olho nas embalagens transitando pelos aeroportos, para frustrar as negociações e recuperar as relíquias.

Após a apreensão do ovo fossilizado, o governo italiano pretende colocá-lo em exposição aberta ao público, em um museu de história natural do país.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

Comentários

Você já percebeu que passamos por algumas mudanças por aqui, né? Uma delas é melhorar também o nosso campo de comentários - e nada melhor do que você, nosso leitor, para nos ajudar e garantir que a gente esteja no caminho certo. Substituímos temporariamente nossos comentários por uma pesquisa rápida para implementarmos mais uma melhoria. Como você acredita que nossa interação pode ser mais próxima aqui?

CLIQUE AQUI PARA RESPONDER