Por que amamos apertar coisas fofas?

Já teve vontade de apertar tanto algo por ele ser agradável e extremamente fofo? Esse comportamento é chamado de "agressão fofa", mas não se preocupe, é perfeitamente normal!

A agressão fofa ou agressão lúdica é denominada por alguns especialistas como “expressão dimorfa”, ou seja, quando a pessoa tem ações e expressões internas que não são correspondentes aos sentimentos internos. Por exemplo, estar tão feliz que não consegue parar de chorar.

Mas, porque alguns indivíduos têm esse comportamento estranho?

Entendendo a agressividade fofa

A psicóloga Dra. Oriana Aragón, da Clemson University (EUA), foi uma das primeiras especialistas a liderar uma pesquisa sobre esse tema.  De acordo com ela, algo entre 50% e 60% das pessoas apresentam um comportamento agressivo e até falso quando se deparam com algo extremamente fofo.

Cérebro não sabe como lidar com tanta fofuraCérebro não sabe lidar com tanta fofura.

Já a psicóloga e pesquisadora Katherine Stavropoulos, autora de outra pesquisa sobre o assunto, considera que a agressão fofa tem uma íntima relação com os sistemas de recompensa cerebral e de emoção. A conclusão obtida pela profissional e sua equipe é de que esse comportamento é a maneira do cérebro lidar com uma “pane”, ou seja, ele não consegue administrar os estímulos que surgem devido a uma simples imagem de um pequeno objeto ser lindo ou indefeso.

A Dra. Aragón ressalta que mesmo havendo sinais de agressividade, não significa que a pessoa queira machucar ou causar danos. A especialista considera a agressividade fofa como uma representação de um sentimento caloroso e positivo, manifestado de forma pouco convencional.

Características ideais

O esquema de um bebê, que se trata de um conjunto de características físicas chamado de Kinderschema, é usado para explicar por que achamos algo fofo. Esses traços envolvem, por exemplo, nariz e queixo pequenos, testa grande, olhos grandes e bochechas arredondadas.

Algumas características são fundamentais para acharmos as coisas fofasAlgumas características são fundamentais para acharmos algo fofo.

Aliás, isso não se aplica apenas no caso de seres vivos. Quando as pessoas se deparam com algum objeto com essas características, como um boneco ou um personagem fictício, tendem a querer cuidar, proteger e estar por perto, como se fossem reais.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.