Seja o primeiro a compartilhar

Grife de luxo Prada vai ajudar na criação de trajes espaciais para a missão Artemis III

A marca de luxo Prada vai participar do desenvolvimento dos trajes espaciais que serão utilizados pelos próximos astronautas a pisar na Lua, como parte da missão Artemis III da NASA. O anúncio foi feito na última quarta-feira (4) pela Axiom Space, responsável por liderar o projeto.

Os engenheiros da famosa grife italiana vão trabalhar junto com a equipe de especialistas da companhia sediada no Texas, nos Estados Unidos. Juntos, eles atuarão na criação da Unidade de Mobilidade Extraveicular Axiom (AxEMU), como é conhecido, tecnicamente, o traje espacial.

Este equipamento, que será usado em órbita e na superfície lunar, fornece capacidades avançadas para a exploração do satélite natural. Ao mesmo tempo, permite a utilização dos sistemas necessários para “acessar, viver e trabalhar na Lua e ao redor dela”, de acordo com a Axiom.

Leia também: Programa Artemis: a missão da NASA para enviar humanos de volta à Lua

Os novos trajes são uma evolução do antigo projeto xEMU da agência espacial americana, trazendo maior mobilidade, flexibilidade e proteção para os astronautas. Eles também podem carregar ferramentas para testes científicos e servirão de base para a próxima geração de equipamentos das futuras missões espaciais.

Desafios técnicos

(Fonte: Axiom Space/Divulgação)(Fonte: Axiom Space/Divulgação)

Como explicou o CEO da Axiom Space, Michael Suffredini, a Prada terá atuação direta no desenvolvimento do design dos protótipos. Os profissionais da marca de luxo ficarão responsáveis pelas soluções que fornecerão proteção contra as condições hostis encontradas no espaço e na superfície da Lua.

“A experiência técnica da Prada com matérias-primas, técnicas de fabricação e conceitos de design inovadores trará tecnologias avançadas fundamentais para garantir não apenas o conforto dos astronautas na superfície lunar, mas também as tão necessárias considerações de fatores humanos ausentes dos trajes espaciais legados”, celebrou Suffredini em comunicado.

Embora esteja ligada à moda, a grife tem experiência em desafios técnicos de engenharia, como lembrou o diretor de marketing do Grupo Prada, Lorenzo Bertelli. A marca atuou no desenvolvimento do uniforme da equipe que participa de um dos principais campeonatos de veleiros do mundo.

“Nossas décadas de experimentação, tecnologia de ponta e conhecimento de design – que começaram nos anos 90 com Luna Rossa desafiando a Copa América – serão agora aplicadas ao design de um traje espacial para a era Artemis. É uma verdadeira celebração do poder da criatividade e inovação humanas para o avanço da civilização”, disse Bertelli.

Leia também: 6 invenções da NASA que usamos todos os dias

Possíveis atrasos

(Fonte: Axiom Space/Divulgação)(Fonte: Axiom Space/Divulgação)

A princípio, a primeira viagem tripulada à Lua após a missão Apollo está prevista para algum momento do ano de 2025. Porém, algumas dificuldades enfrentadas pelas empresas e entidades envolvidas no projeto podem levar ao adiamento da viagem.

Um dos problemas que podem afetar o lançamento da missão Artemis III tem relação com os atrasos da espaçonave Starship, da SpaceX. O veículo desenvolvido pela empresa de Elon Musk fracassou em seu primeiro voo de teste, em abril, e ainda passa por ajustes antes de uma nova tentativa.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.