Olhar embalagem de remédio pode aliviar a dor
03
Compartilhamentos

Olhar embalagem de remédio pode aliviar a dor

Último Vídeo

O que é que você faz quando está com muita dor? Se a sua resposta envolve tomar remédio, talvez esta pesquisa recente seja interessante. Ela sugere que objetos ao nosso redor podem atuar em nosso cérebro, inconscientemente. É isso o que estudam os psicólogos Abraham Rutchick, da Universidade da Califórnia, e Michael Slepian, da Universidade de Stanford.

Pesquisa

Fonte da imagem: Shutterstock

A pesquisa avaliou a capacidade sugestionável do cérebro, que, por entrar em contato visual com o remédio, já age como se tivesse o ingerido. Um dos testes que indicam esse tipo de efeito reuniu 54 estudantes. Eles colocavam suas mãos em água à temperatura ambiente por dois minutos; depois, a temperatura caía para pouco acima de zero grau. As mãos deveriam permanecer mergulhadas até que o incômodo fosse insuportável.

Após essa primeira fase, os estudantes passaram por outro teste, agora avaliando o design de alguns produtos. Entre eles estava uma embalagem do medicamento Ibuprofeno, que alivia dores e inflamações. Metade das pessoas avaliou a embalagem do remédio enquanto a outra metade analisou um recipiente de macarrão.

Resultados

Fonte da imagem: Reprodução/Psmag

Depois da avaliação do design de embalagens, os voluntários voltaram à água congelante. Foi aí que os pesquisadores perceberam que, entre os participantes que avaliaram a embalagem de Ibuprofeno, 40% tiveram dor menos intensa do que aqueles que avaliaram o recipiente de macarrão.

Ainda não se sabe ao certo como essas relações se estabeleceram, mas ficou claro que só o fato de ver uma embalagem de remédio já diminui as sensações de dor. Os pesquisadores reiteraram o fato de que os estudantes avaliados eram jovens e saudáveis, o que contribui para esse tipo de estudo.

Parece mesmo que o ambiente influi em nosso comportamento. E você. o que pensa sobre isso?

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.