Conheça a gangina, técnica afegã de conservar uvas por 6 meses

Último Vídeo

Recentemente, um método tradicional de conservação de uvas do Afeganistão chegou ao Facebook e chamou a atenção dos internautas do Ocidente: é a gangina, técnica que envolve a selagem de uvas saudáveis em recipientes semelhantes a duas cuias de barro coladas uma na outra.

Fonte: Agriculture & Livestock/Facebook/Reprodução
Fonte: Agriculture & Livestock/Facebook/Reprodução

O recipiente gangina é feito de camadas de solo úmido, deixado ao sol para secar e depois armazenado em local fresco, longe da luz solar direta. Se armazenadas de forma correta, as embalagens são capazes de manter as uvas colhidas no outono, frescas até a primavera seguinte, inclusive no inverno, quando é difícil achar frutas.

Como utilizar a gangina?

Fonte: Istalif Bastan/Facebook/Reprodução
Fonte: Istalif Bastan/Facebook/Reprodução

Em uma entrevista ao Ministério da Agricultura afegão, o fazendeiro Abdul Manan explica que, primeiramente é necessário remover as uvas despencadas e depois colocar os cachos na gangina. Se uvas soltas ou danificadas forem introduzidas na gangina, “isso vai estragar todas as outras uvas”.

Após hermeticamente fechados, os recipientes gangina, que contêm cerca de 1kg de uvas, proporcionam grandes lucros aos fazendeiros, pois durante o inverno ou na primavera, a demanda por frutas cresce, e com ela os preços se elevam.

A gangina é uma cultura tradicional do norte do Afeganistão que, além de bom negócio para os agricultores, permite a disponibilidade de frutas frescas nas festas tradicionais do país, como o Ano Novo e a noite de Yalda, normalmente nos dias 20, 21 ou 22 de dezembro, quando ocorre o solstício de inverno no Hemisfério Norte.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.