Cobra serpenteando no Muro das Lamentações desperta medo sobre Fim do Mundo
1.991
Compartilhamentos

Cobra serpenteando no Muro das Lamentações desperta medo sobre Fim do Mundo

Último Vídeo

Vamos combinar! Já fazia algum tempo que não circulavam notícias sobre profecias relacionadas com o Fim do Mundo, né? Pois temos uma fresquinha para compartilhar com você. Segundo Ashley Cowie, do site Ancient Origins, tudo começou com a descoberta de uma cobra serpenteando sorrateira pelo Muro das Lamentações, em Jerusalém — réptil que, após ser avistado causou certa comoção, como você pode conferir no vídeo a seguir: 

Interpretando sinais

Acontece que a tal cobra acabou espantando uma pomba enquanto estava lá, perambulando entre as pedras da muralha — fato que fez um pessoal se lembrar de uma antiga profecia sobre o Fim dos Tempos. Mais precisamente, segundo Ashley, dois blogueiros israelenses começaram a espalhar um papo de que a fuga do pássaro consiste em um claro sinal de que estamos vivendo tempos perigosos, e que o mal, personificado na serpente do jardim do Éden, faria uma aparição dias antes da chegada do Messias. Confira: 

Em outras palavras, esses caras interpretaram a descoberta e captura da pobre cobra como um sinal de que a coisa anda feia e de que não nos restam muitos dias de sossego na Terra, uma vez que a criatura teria espantado uma pomba — animal que, mundo afora, representa a paz. No entanto, em Jerusalém, a ave teria um significado mais profundo...

Conforme acreditam alguns habitantes da cidade santa (os mais supersticiosos, presumivelmente), assim como a pomba se encontra segura em seu abrigo entre as pedras do Monte do Templo, onde fica o Muro das Lamentações, os judeus estarão protegidos pelos mandamentos presentes na Torá. Entretanto, a fuga da ave pode simbolizar que os judeus se afastaram das sagradas escrituras ou que eles se encontram em perigo. Se esse for caso, isso significa que o Messias estaria para chegar à Terra e acabar com a bagunça que armamos por aqui. 

JerusalémMonte do Templo (Wikimedia Commons/Andrew Shiva)

Ademais, pouco depois de o incidente entre os dois animais ser testemunhado, parece que uma nuvem de poeira meio misteriosa surgiu do complexo do Templo e chegou a encobrir o Domo da Rocha — uma mesquita que fica no local — por vários minutos. Isso também foi interpretado como um sinal, mais especificamente como um alerta de que estariam rolando tretas no plano espiritual.

Domo da RochaDomo da Rocha (Wikimedia Commons/idobi)

Obviamente, apesar de algumas pessoas terem ficado bem assustadas com essa história de profecia sobre o fim dos tempos, a maioria apontou que o fato de a pomba ter fugido da cobra não tem nada a ver com a vinda do Messias, mas simples instinto de sobrevivência — ainda que a cena tenha se desenrolado em um dos locais mais sagrados em existência tanto para o judaísmo quanto para o cristianismo e o islamismo. Sobre a nuvem de poeira, nem precisamos falar que o clima em Jerusalém é predominantemente seco, né? E você, caro leitor, o que opina?

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.