3 murais: homenagem aos profissionais da saúde durante a pandemia

3 murais: homenagem aos profissionais da saúde durante a pandemia

Último Vídeo

Um artista plástico espanhol chamado Pejac resolveu homenagear os profissionais de saúde do Marqués de Valdecilla University Hospital, em Santander na Espanha, como um gesto de agradecimento pelo seu trabalho em geral e durante a pandemia da covid-19. No projeto “Força”, o artista oferece o que faz melhor, a pintura.

Fonte: Pejac/Facebook/Divulgação
Fonte: Pejac/Facebook/Divulgação

Feito para marcar o momento histórico na história global, o artista fez três intervenções no Valdecilla, como o hospital é carinhosamente chamado em sua cidade natal. O nome “Força” foi propositalmente escolhido por ser esta qualidade um dos requisitos necessários dentro de um hospital, segundo Pejac. O trabalho aborda três aspectos da crise atual e propõe soluções.

Distanciamento social

Fonte: Pejac/Facebook/Divulgação
Fonte: Pejac/Facebook/Divulgação

O primeiro trabalho é uma ilusão de ótica e mostra uma aparente fenda profunda e aberta na parede do hospital. Quem se aproxima, nota inúmeras pequenas silhuetas humanas que tentam escapar da fenda que, segundo o artista afirma ao site Bored Panda, representa “a ferida que esta pandemia deixou”. 

Fonte: Pejac/Facebook/Divulgação
Fonte: Pejac/Facebook/Divulgação

Apesar de a imagem funcionar como uma metáfora para os danos da pandemia, propõe o distanciamento social como única forma de corrigi-la. Diz Pejac: “Entre a grande multidão, incluí cenas de reencontro, empatia, cuidado e amor, sugerindo uma porta para um futuro melhor e cheio de esperança”.

Superando

Fonte: Pejac/Facebook/Divulgação
Fonte: Pejac/Facebook/Divulgação

A segunda peça da série, “Superando”, foi realizada com a ajuda de jovens pacientes oncológicos da ala pediátrica do Valdecilla, que buscaram recriar o campo de trigo de Van Gogh com ciprestes com as mãos.

Fonte: Pejac/Facebook/Divulgação
Fonte: Pejac/Facebook/Divulgação

“Na peça, uma criança está apoiada em uma cadeira de rodas, podendo pintar mais alto que as demais. Isso é algo que nós, como sociedade, podemos fazer: pegar esta crise e usá-la para nos impulsionar para frente”, explica Pejac.

Carícia

Fonte: Pejac/Facebook/Divulgação
Fonte: Pejac/Facebook/Divulgação

Na última peça do trabalho, o autor afirma que “Carícia” é a solução poética da nova dinâmica da relação entre os pacientes e os trabalhadores de saúde imposta pelo vírus da covid. Apesar de fisicamente distantes, as suas sombras denunciam o desejo de retornar ao contato físico.

Fonte: Pejac/Facebook/Divulgação
Fonte: Pejac/Facebook/Divulgação

Pejac confessa: “Eu também adicionei uma sensação de serenidade e beleza ao transformar suas sombras em um lago colorido e tranquilo com nenúfares, prestando homenagem a um dos meus pintores favoritos, Monet, ao longo do caminho”.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.