Artista se tranca num cubo de acrílico para representar isolamento

Por inspiração, ou tributo, à pandemia da covid-19, o artista plástico francês, Gaëtan Marron trancou-se em um cubo de acrílico transparente de 4 m² colocado em um shopping center da cidade de Marselha, na França, onde ficará em isolamento do dia 5 ao dia 25 de dezembro.

Fonte: Non-Essentiel Performance/Divulgação
Fonte: Non-Essentiel Performance/Divulgação

Chamada de “Non-Essentiel”, a performance artística de Marron reflete, para os que vão assistir, os transtornos e a solidão vividos por eles próprios durante a quarentena e o isolamento doméstico. A atuação do artista denuncia, no “não-essencial”, a falta de interação humana, a falta de liberdade, e também a falta de cultura e arte durante um ano inteiro.

O artista está dentro do seu cubo protetor no shopping Les Docks Villages até o Natal, e as pessoas que passeiam pelo local podem vê-lo, falar com ele e, o mais importante, podem fazer doações, uma vez que Marron dependerá delas para sobreviver nesse tempo de clausura.

No seu cenário-prisão, o artista tem acesso a uma pia, que fica atrás do cubo de acrílico, para beber água e se limpar, contudo não tem banheiro. Assim, quando precisa ir, ele sai rapidamente, mas deixa alguns certificados depreciativos aos visitantes para justificar sua ausência.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.