Seja o primeiro a compartilhar

Machu Picchu: 5 fatos incríveis sobre a cidade peruana

Ao lado de Cuzco, também no Peru, Machu Picchu foi um dos mais importantes centros da antiga civilização Inca. O nome da cidade significa “velha montanha” e foi construída por volta do século XV pelo líder Pachacuti. 

Quer saber mais? Então, conheça 5 fatos incríveis sobre Machu Picchu:

1. A cidade não era usada para sacrificar humanos

Fonte: John Salzarulo/Stock SnapFonte: John Salzarulo/Stock Snap

Muitos mitos e lendas sobre Machu Picchu indicam que o local era usado para sacrifício humano. Contudo, não há nenhuma evidência científica que comprove esse fato.

Apesar da cidade não ter sido usada para esse propósito, o Império Inca tinha lugares em que os sacrifícios ocorriam. 

2. Provavelmente era um palácio para os governantes do Império

Fonte: LoggaWiggler/PixabayFonte: LoggaWiggler/Pixabay

Desde que foi descoberta, várias teorias foram feitas sobre o propósito da criação de Machu Picchu. Alguns alegam que o local era uma fortaleza nas montanhas, outros de que era uma universidade. 

Baseado nas evidências disponíveis e no estilo que Machu Picchu foi construído, o mais provável é que ele tenha sido um palácio para o Imperador Inca, Pachacuti, que reinou a civilização de 1438 a 1471.

>>> Saiba mais: Veja como era Machu Pichhu quando foi "descoberta" no início do século 20

3. A cidade é uma maravilha feita à mão

Fonte: Freepik/DivulgaçãoFonte: Freepik/Divulgação

A maioria das pedras deslocadas para Machu Picchu pesavam mais de 20 kg, sendo transportadas por meio de caminhos estreitos e sinuosos nas montanhas.

Ao contrário da civilização do Antigo Egito, que contavam com a criação do ferro e da roda para ajudar em suas construções, os Incas não tinham praticamente nenhuma tecnologia. Ou seja, o povo construiu a cidade praticamente à mão.

4. Há mais de 3 mil passos em Machu Picchu

Fonte: Poswiecie/PixabayFonte: Poswiecie/Pixabay

Caminhar pela trilha Inca até Machu Picchu não é para qualquer um. Além de atravessar elevação que variam de 2.600 a 4.200 metros, você também terá que subir e descer entre milhares de pedras cortadas à mão.

Chegando na cidade o caminho não fica tão mais fácil, já que para visitar todo o local, o turista anda mais de 3 mil passos. 

5. Machu Picchu é à prova de terremotos

Fonte: StockSnap/PixabayFonte: StockSnap/Pixabay

Apesar de se encontrar acima de várias falhas geográficas, a cidade é resistente a terremotos. Isso porque a civilização Inca utilizou a técnica Ashlar para construir o local. 

Nesse método, as pedras são cortadas com precisão para se encaixarem como um lego. Elas são tão coladas que é impossível até mesmo passar uma lâmina de faca entre elas.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.