Seja o primeiro a compartilhar

Palavrões em latim: como os antigos romanos xingavam?

O palavrão, conjunto de termos e expressões consideradas vulgares ou obscenos, tornou-se praticamente um subdialeto e muitas populações se entendem apenas através do uso desses vocábulos. Porém, como tudo na língua tem suas origens, essas locuções são muito mais antigas do que se imagina e remontam lá dá época do Império Romano, quando os "sordidi sermones" latinos passaram a ser utilizados para desqualificar indivíduos e grupos sociais.

O latim era uma língua que favorecia o compartilhamento dos mais diversos tipos de expressões e emoções, pois possuía construções gramaticais feitas para todo tipo de situação e algumas plenamente interpretativas, que ofendiam pessoas muitas vezes sem sequer o outro entender o que estavam falando. 

Nos primeiros séculos depois de Cristo, os romanos se comunicavam abusando de termos sórdidos e era comum ver cidadãos comentando que soltaram um "pedo" pelo "culus", chegando até mesmo a "facere merda" em casos mais extremos. Os órgãos sexuais de homens e mulheres eram chamados respectivamente de "mentula" e "cunnus" — formas vulgares — e possuíam etimologias bem duvidosas, com o pênis masculino sendo sugestivamente originário da palavra "mens" ("mente").

(Fonte: Getty Images / Reprodução)(Fonte: Getty Images / Reprodução)

Além disso, alguns falsos cognatos surgiram entre os palavreados latinos e um dos que mais chamam a atenção é o verbo "fodere", que possui um significado um pouco distante do que você está pensando agora. Porém, caso seja analisado de uma forma, digamos, um pouco mais metafórica, o termo utilizado como versão da palavra brasileira "cavar" pode fazer um pouco de sentido sem forçar muito a barra.

Categorização dos palavrões latinos

Os romanos tinham palavrões para todo tipo de situação e usavam xingamentos considerados comuns como "crudelis" ("cruel"), "perfide" ("traidor") e outros, agredindo por questões de falta de sensatez, descomprometimento, infidelidade, idade mental e aspectos físicos. Porém, apesar da grande quantidade de ofensas, poucas delas foram morfologicamente levadas para as gerações anteriores, e entender palavreados em latim pode ser um verdadeiro quebra cabeça.

Porém, caso você queira ir mais tarde a um estádio de futebol cornetar seu time ou gritar contra o rival, você não deve ser censurado por berrar "pecus", "vervex" ou "futue te ipsam" em alto e bom tom.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

Comentários

Você já percebeu que passamos por algumas mudanças por aqui, né? Uma delas é melhorar também o nosso campo de comentários - e nada melhor do que você, nosso leitor, para nos ajudar e garantir que a gente esteja no caminho certo. Substituímos temporariamente nossos comentários por uma pesquisa rápida para implementarmos mais uma melhoria. Como você acredita que nossa interação pode ser mais próxima aqui?

CLIQUE AQUI PARA RESPONDER