Soldados nazistas usavam metanfetamina durante a Guerra

Durante a Segunda Guerra Mundial, foi comercializado um estimulante chamado fenprometamina, também conhecido como Vonedrine, usado como inalador nasal destinado a ajudar pessoas com asma. Ele surgiu para competir diretamente com a Benzedrina, um inalador à base de anfetamina.

O estimulante foi frequentemente usado durante o período de guerra em 1944, principalmente pelos soldados do Terceiro Reich de Adolf Hitler. Por via oral, eles se drogavam com Pervitin, uma metanfetamina considerada muito comum para os cidadãos da Alemanha.

À beira da obsessão

(Fonte: The Guardian/Reprodução)(Fonte: The Guardian/Reprodução)

Segundo o Dr. Pieter Cohen, clínico geral da Cambridge Health Alliance, que liderou um estudo sobre o uso de fenprometamina em pílulas dietéticas, "tomar a droga por via oral pode mudar totalmente os efeitos que normalmente ela teria sendo consumida de outra forma".

Após ser patenteada, a droga liderou os anúncios alemães em 1938 e, até o início da década de 1940, o país já havia se tornado viciado em Pervitin e na "energia" que ele provocava no corpo. Hitler também fez uso desenfreado da droga, além de ingerir testosterona, opiáceos, estimulantes e até sêmen de touro.

(Fonte: Military/Reprodução)(Fonte: Military/Reprodução)

Estima-se que os nazistas tenham enviado 35 milhões de unidades de Pervetin e outros estimulantes para a frente de guerra entre abril e maio de 1940, na esperança de manter os soldados em ação e "ligados" durante todo o tempo. Por outro lado, temendo que a nação perdesse o controle com o uso desenfreado da droga, o Pervitin foi declarado tóxico e ilegal de ser comercializado para a população.

Em 2013, o Dr. Cohen encontrou um composto semelhante à metanfetamina em um suplemente pré-treino muito popular nos Estados Unidos chamado "Craze", apesar de o Food and Drug Administration (FDA) nunca ter aprovado a fenprometamina para uso oral – além de ter retirado sua aprovação no país desde 1960. 

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.