6 benefícios surpreendentes que os video games promovem para as crianças

Desde os anos 80, quando os video games começaram a se popularizar, muitos associam o hábito de jogar um game eletrônico como algo prejudicial à saúde. Existem, inclusive, inúmeros debates sobre os malefícios e a influência de jogos violentos no comportamento e no desenvolvimentismo dos pequenos. Entretanto, são diversos os estudos que mostram o contrário: esses jogos podem, sim, trazer uma série de benefícios para crianças e adolescentes. 

Hoje o Mega Curioso tem uma lista com seis benefícios que os video games podem trazer aos mais jovens. Confira!

1. Podem aumentar a massa cinzenta do seu cérebro

Muitos jogos são como um treino para a sua mente, mas disfarçados de diversão. Principalmente títulos do gênero estratégia, ou qualquer outro que traga os famosos puzzles (ou quebra-cabeças), representam desafios complexos, mas necessários para seguir o caminho no game.

Os videogames podem aumentar a massa cinzenta do seu cérebro. (Fonte: Shutterstock)Os video games podem aumentar a massa cinzenta do seu cérebro. (Fonte: Shutterstock)

Estudos comprovaram que jogar video game regularmente pode aumentar a massa cinzenta no cérebro e impulsionar a sua conectividade. Isso porque a prática está associada ao controle muscular, memórias, percepção e navegação espacial, elementos quase sempre presentes nos jogos de hoje.

2. Maneira mais divertida de aprender

Atualmente, existem jogos de todos os gêneros imagináveis, inclusive títulos voltados para um determinado tipo de matéria escolar, como Matemática, Biologia, Química etc. Além, é claro, dos milhares de games baseados em histórias reais, que apresentam momentos históricos e colocam o jogador dentro deles, como Segunda Guerra Mundial, conflitos da era medieval, entre outros. 

O recente Call of Duty: Vanguard coloca os jogadores nos conflitos da Segunda Guerra Mundial. (Fonte: Divulgação)O recente Call of Duty: Vanguard coloca os jogadores nos conflitos da Segunda Guerra Mundial. (Fonte: Divulgação)

Se muitos professores costumam indicar aos seus alunos determinados livros, séries e filmes para uma lição, por que não recomendar um determinado jogo para auxiliar, de uma maneira muito mais divertida, no ensino?

3. Gamers têm mais habilidades sociais

Muitas pessoas associam um gamer a uma pessoa tímida e que usa os video games como forma de escapar do convívio social. Entretanto, pesquisas recentes envolvendo crianças apontaram que aqueles que jogam mais video game são mais propensos a ter boas habilidades sociais, um desempenho acadêmico melhor e mais aptidão para desenvolver relacionamentos melhores com outros alunos.

Gamers possuem mais habilidades sociais. (Fonte: Shutterstock)Gamers apresentam mais habilidades sociais. (Fonte: Shutterstock)

Todos esses fatores foram desenvolvidos graças aos componentes sociais e colaborativos de alguns tipos de jogo; principalmente aqueles que exigem ações coordenadas em grupo ou desafios que precisam ser solucionados de forma cooperativa.

4. Melhoram a destreza manual

Embora pareça simples para um gamer, manusear um modelo atual de joystick não é uma das tarefas mais fáceis. Além da quantidade de botões e alavancas em boa parte dos jogos, é preciso realizar movimentos e combinações com eles da maneira mais rápida possível. 

Os gamers possuem mais habilidade manual. (Fonte: Shutterstock)Os gamers têm mais habilidade manual. (Fonte: Shutterstock)

Essa prática ajuda a melhorar a destreza manual, ou seja, a habilidade com as mãos. Um estudo de um grupo de cirurgiões descobriu que aqueles que jogavam video game eram mais rápidos na execução de procedimentos avançados e cometeram 37% a menos de erros do que aqueles que não tinham o costume de jogar. Além disso, muitos games são utilizados como terapia física para ajudar as vítimas de derrame a recuperar o controle de suas mãos e pulsos.

5. Estimulam a criatividade e imaginação

Há diversos games que, ao invés de levar o jogador para uma determinada aventura, têm ferramentas para que o ele mesmo crie o seu mundo e a sua história. O exemplo mais popular é Minecraft, que com o seu universo quadrado, fez milhões de jovens inventarem regiões, explorando o infinito e ilimitado mapa do jogo.

Minecraft é um dos principais jogos que estimulam a criatividade de crianças e jovens. (Fonte: Shutterstock)Minecraft é um dos principais jogos que estimulam a criatividade de crianças e jovens. (Fonte: Shutterstock)

Em um estudo recente, jogadores de até 12 anos foram convidados a desenhar, contar histórias e fazer previsões para o futuro. Todas essas crianças demonstraram alto nível de curiosidade e, principalmente, criatividade.

6. Os video games te ajudam a aprender uma outra língua

Embora boa parte dos jogos atuais sejam comercializados em português, ainda há muitos títulos no mercado sem essa opção, ou seja, na língua original, que geralmente é o inglês. 

Os games também podem ser uma forma divertida de aprender outras línguas. (Fonte: Shutterstock)Os games também podem ser uma forma divertida de aprender outras línguas. (Fonte: Shutterstock)

Dessa forma, o jogador precisa se adaptar à linguagem do game para usufruir dele. Em alguns casos, como jogos de RPG, ainda é preciso ir além e ter que conhecer boa parte da história para saber qual será o seu destino no jogo.

Dessa forma, o único jeito é recorrer a um tradutor ou a uma boa pesquisa para entender boa parte do que está sendo falado e apresentado por escrito no game, sendo assim uma maneira mais que divertida de aprender uma nova língua.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.