Seja o primeiro a compartilhar

Arqueólogos encontram maior mosaico romano já visto

Arqueólogos que trabalham em um local de escavação na Southwark Street, Londres, encontraram um piso de mosaico romano em ótimo de estado de preservação. Segundo a equipe, a construção data de 175 a 225 d.C. e indica a existência documental de uma antiga sala de jantar, possivelmente parte de um "hotel chique" onde importantes oficiais do exército teriam se abrigado para descansar.

A jornada histórica de quase 2 mil anos, classificada como a maior área de mosaico já identificada em solo britânico, indica que o edifício era composto por quatro quartos e um pátio interno. Cada cômodo tinha paredes adornadas com flores e foi constituído por pisos "lindamente acabados", cercado por canteiros exuberantes decorados com folhagens de alta elevação.

(Fonte: The Liberty of Southwark)(Fonte: The Liberty of Southwark)

Acredita-se que o prédio tenha sido levantado após a fundação do assentamento romano de Londinum — por volta de 72 d.C. —, que posteriormente deu origem à cidade de Londres. Além do piso adornado, outros artefatos como moedas, joias, cerâmica, conchas de ostras, tigelas de cobre e um balcão de jogos foram encontrados. "Esta é uma descoberta única em Londres", disse a supervisora do local, Antonietta Lerz, do Museu de Arqueologia de Londres.

Os indícios apontam que a construção foi utilizada por oficiais para descansarem por um longo período, interrompendo jornadas de grandes campanhas. Outra sugestão também aponta que ali era uma residência privada de familiares ricos que supostamente abrigavam soldados imperiais, já que enfeites de decoração na forma de um pingente fazem referência a um símbolo bastante comum utilizado por militares.

“A qualidade dos materiais encontrados neste local sugere que este edifício foi ocupado apenas por membros de alto escalão da sociedade. É raro podermos estudar uma área tão grande no centro de Londres. Isso forneceu uma janela fascinante para as condições de vida e estilo de vida das elites na Grã-Bretanha romana”, comentou Derek Seeley, gerente sênior do projeto.

O bairro cultural de Southwark Street

(Fonte: The Liberty of Southwark)(Fonte: The Liberty of Southwark)

As escavações realizadas em Southwark Street ocorrem por pouco mais de quatro décadas e já revelaram muitos documentos importantes, como mais restos de um edifício romano de alto padrão e outros artefatos espalhados pela extensão da linha de metrô Jubilee. Ali, foram encontradas obras na década de 1990 que abriram espaço para novas informações históricas e confirmaram um alto potencial arqueológico na região.

Os projetos no local estão acontecendo para a fundação do The Liberty of Southwark, um novo bairro cultural projetado pelos principais arquitetos Allies e Morrison, onde descobertas como o mosaico ficarão à mostra pelos próximos anos.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.