537
Compartilhamentos

Estas imagens nos ajudam a entender como os autistas percebem o mundo

O autismo, como você deve saber, é uma condição que, dependendo do grau, pode afetar o comportamento, a forma como as pessoas interagem socialmente e a comunicação (verbal e não-verbal) dos diagnosticados. Os sintomas costumam aparecer gradualmente durante a infância, e o distúrbio, apesar de ser altamente hereditário, também pode surgir em decorrência de fatores ambientais.

Pois as pessoas que são diagnosticadas com transtorno do espectro autista enxergam o mundo que nos rodeia diferente dos demais e, de acordo com Rebecca Harrington, do site Business Insider, um estudo recente conseguiu lançar uma luz em como os autistas lidam com seu entorno.

Visão diferente do mundo

Segundo Rebecca, os pesquisadores convocaram 39 participantes — metade diagnosticada com transtorno do espectro autista e a outra não — e acompanhou o movimento de seus olhos enquanto eles observavam 700 imagens. É verdade que não se trata de um estudo muito grande, mas os resultados podem nos ajudar a entender como é que as pessoas com autismo percebem os ambientes e olham para os elementos ou pessoas inseridos neles.

Pessoas com autismo(National Human Genome Research Institute)

Conforme explicou um dos neurocientistas envolvidos na pesquisa, os resultados apontaram que, apesar de muitos acreditarem que as pessoas diagnosticadas com transtorno do espectro autista olham de maneira incomum para os rostos dos demais, a verdade é que essa maneira diferente de olhar se aplica para a maioria das coisas.

Detalhes interessantes

Um detalhe sobre o experimento é que cada participante foi exposto a cada imagem por apenas três segundos, portanto, os testes capturaram seus primeiros instintos com relação ao que eles estavam observando. Entre as descobertas realizadas, os cientistas observaram, por exemplo, que os participantes com autismo mostraram uma maior tendência em focar o olhar no centro das imagens, mesmo quando existiam mais de um elemento na foto.

Além disso, eles também apresentaram uma maior propensão em fixar o olhar em padrões e extremidades de objetos do que em rostos. Os testes ainda revelaram que as pessoas com autismo tendem a não seguir o olhar dos indivíduos que aparecem nas fotos, ao contrário dos participantes sem neuropatias, e que a atenção que elas dão aos elementos que compõem determinada cena é diferente das pessoas sem autismo.

A seguir, você pode conferir uma seleção de imagens usadas durante o estudo e descobrir como os autistas percebem os ambientes. Lembrando que todas as fotos da esquerda representam a visão dos participantes com autismo, e as da direita, a dos voluntários sem neuropatias. Além disso, os tons mais avermelhados apontam os locais onde os participantes do experimento mantiveram o olhar por mais tempo. Veja:

Pesquisa sobre autismoOs participantes com autismo mostraram maior tendência em focar o olhar no centro das imagens, mesmo quando existiam mais de um elemento na foto (Business Insider)

Pesquisa sobre autismoPessoas com autismo têm maior propensão em fixar o olhar em padrões e extremidades de objetos do que em rostos (Business Insider)

Testes com autistasAs pessoas com autismo tendem a não seguir o olhar dos indivíduos que aparecem nas fotos, ao contrário dos participantes sem neuropatias (Business Insider)

Teste de autismoEsse acima é outro exemplo que demonstra essa característica (Business Insider)

Teste de autismoA imagem acima mostra a diferença de atenção que as pessoas com e sem autismo dão aos elementos que compõem uma cena (Business Insider)

Teste de autismoEsse é outro exemplo (Business Insider)

Teste de autismoA pesquisa pode ajudar os neurocientistas a desenvolverem técnicas de diagnostico mais eficientes (Business Insider)

Teste de autismoAtualmente, fazer o diagnóstico não é uma tarefa simples (Business Insider)

Teste de autismoE quanto antes uma pessoa for diagnosticada com transtorno do espectro autistas, antes os especialistas podem adotar as medidas para ajudá-la (Business Insider)

Teste de autismo(Business Insider)

Teste de autismo(Business Insider)

Teste de autismo(Business Insider)

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.