Este homem se tornou o 1º no mundo a passar por dois transplantes de rosto
01
Compartilhamento

Este homem se tornou o 1º no mundo a passar por dois transplantes de rosto

Último Vídeo

Nós aqui do Mega Curioso já compartilhamos por aqui casos de pessoas que passaram por transplantes de rosto — cirurgias pra lá de complexas e que, assim como ocorre com todo tipo de transplante de órgãos, estão associadas a diversos riscos e complicações, incluindo, obviamente, a rejeição do tecido transplantado.

Pois, de acordo com Maria Cheng, do portal de notícias Associated Press, o médico Laurent Lantieri, do Hospital Georges Pompidou, de Paris, anunciou ter submetido um de seus pacientes a não um, mas dois transplantes de rosto, tornando o rapaz o primeiro no mundo a passar por esse procedimento duas vezes. A história do transplantado, um rapaz de 43 anos chamado Jerome Hamon, começou em 2010, quando ele teve que passar pela cirurgia pela primeira vez.

Homem sem face

Segundo Maria, na ocasião, o doador foi um homem de 60 anos de idade e o procedimento foi realizado com êxito. No entanto, em 2015, Jerome adoeceu e os medicamentos que ele foi obrigado a usar durante o tratamento começaram a interferir com as drogas que ele tomava para evitar a rejeição e os tecidos da face transplantada começaram a morrer em novembro do ano passado.

Médicos durante cirurgiaJerome durante a cirurgia (AP)

Então, o cirurgião foi obrigado a remover o rosto do paciente — imagine a situação! —, deixando Jerome sem face. Isso significa que o paciente ficou sem pele, pálpebras e orelhas, sem falar no imenso risco de sofrer uma infecção. Enquanto esteve aguardando por um novo transplante, o paciente ficou impossibilitado de se alimentar normalmente, de falar e teve a audição prejudicada.

Por sorte, em janeiro surgiu um doador — desta vez um mais jovem do que o anterior, um rapaz de 22 anos —, mas, antes de submeter à cirurgia novamente, o médico teve que trocar todo o sangue de Jerome para eliminar quaisquer anticorpos presentes em seu organismo originários de tratamentos anteriores. Esse processo foi realizado ao longo de um mês e, depois de concluído, o homem sem rosto pôde finalmente receber o transplante.

Transplante de rostoJerome e suas três faces (AP)

Segundo Laurent Lantieri, o cirurgião responsável pelo procedimento, Jerome passa bastante bem, especialmente considerando tudo o que ele teve que passar, e inclusive liberou o rapaz para fazer uma viagem curta recentemente.

Já de acordo com Maria, outros médicos elogiaram bastante a iniciativa e revelaram que essa e outras técnicas sendo desenvolvidas pelo mundo poderiam ser usadas para tratar pacientes em situação crítica como a de Jerome, uma vez que o risco de rejeição em transplantados é constante. A possibilidade de submeter essas pessoas a um novo procedimento realmente poderia ajudar a salvar mais vidas.

Confira algumas histórias de pessoas que passaram por transplante de rosto:

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.