Por que algumas pessoas ficam arrepiadas quando fazem xixi?
03
Compartilhamentos

Por que algumas pessoas ficam arrepiadas quando fazem xixi?

Último Vídeo

Além da sensação de alívio que chega com o esvaziamento de uma bexiga cheia, algumas pessoas experimentam também uma sensação diferente durante o processo de urinar: uma espécie de arrepio ou calafrio. Embora nem todos a tenham, ela é bastante comum, especialmente entre as crianças.

De acordo com urologistas e cientistas que estudam tanto o sistema nervoso quanto o urinário, há duas possíveis hipóteses para explicar esse fenômeno.

A primeira, bastante simples, diz respeito a uma espécie de equilíbrio térmico. Ao urinar, deixamos a parte inferior do corpo exposta à temperatura ambiente, normalmente mais fria do que a do nosso corpo. Além disso, o processo de fazer xixi consiste em eliminar líquido quente de dentro do organismo, e nossa temperatura corporal também é ligeiramente reduzida.

Essa possibilidade, na verdade, não explica por que os bebês também se arrepiam  já que estão de fraldas quando isso acontece  e é por isso que muitos cientistas creem que isso tenha algo a ver com o nosso sistema nervoso autônomo, aquele responsável por boa parte das relações involuntárias do organismo humano.

Ele é dividido em duas partes: o Simpático e o Parassimpático, e, conforme explica o Dr. Simon Fulford, urologista consultor do Hospital Universitário James Cook, no Reino Unido, em entrevista ao site LiveScience, são ações de ambos que podem justificar essa reação.

Tudo começa com uma leve subida na pressão sanguínea que se inicia quando estamos com a bexiga cheia. Esvaziá-la causa uma queda brusca da pressão, e é aí que entra a primeira parte do sistema nervoso, o simpático, que age liberando no corpo uma substância chamada catecolamina, um neurotransmissor que ajuda a reequilibrar a pressão e contrair a bexiga.

Em contrapartida, quando a bexiga começa a se encher, sensores do corpo identificam o movimento de alongamento e ativam os nervos sacrais, localizados na medula espinhal, que, por sua vez, avisam o sistema nervoso parassimpático. É ele quem faz com que os músculos que compõem a bexiga comecem a se contrair para expulsar a urina.

Embora esses dois sistemas sejam complementares e, normalmente, responsáveis pelo encadeamento de diversos processos nervosos e biológicos, nesse caso é possível que eles entrem em conflito e o produto seja justamente o arrepio.

Essa conexão com o aumento e a diminuição da pressão também é reforçada pelo fato de que esse fenômeno é experimentado em maior número por homens, provavelmente pelo fato de urinarem em pé  quando o aumento da pressão também é maior.

O ato de urinar, inclusive, desencadeia  ou é desencadeado por  uma série de reações no organismo. Por exemplo, o fato de fazermos mais xixi quando está frio ou quando estamos nervosos, e aquelas situações em que a urina sai azul. Há ainda, claro, aquela vontade de correr para o banheiro quando ouvimos barulho de água corrente. Em todos esses casos, a ciência se esforça para dar uma explicação plausível!

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.