Seja o primeiro a compartilhar

França anuncia redução no número de casos graves de covid-19

Segundo informações da agência de notícias espanhola EFE, autoridades de saúde da França anunciaram nesta segunda-feira (22) uma redução do número de pacientes infectados pelo novo coronavírus internados em unidades de terapia intensiva. 

Conforme a declaração, o governo francês prentende reforçar a vigilância na Guiana Francesa, uma das suas regiões ultramarinas, que faz fronteira com o nosso estado do Amapá, local onde o vírus circula com maior intensidade. 

De acordo com as informações divulgadas pela Diretoria Geral de Saúde da França, os dados da segunda-feira indicam os seguinte números sobre  pacientes infectados pelo vírus SARS-CoV-2 no país: 9.693 hospitalizados, dos quais 701 em UTIs. 

Esses registros indicam uma redução de 26 pacientes em relação ao total de internados em unidades de terapia intensiva na sexta-feira (19). Dos 142 novos casos registrados nas últimas 24 horas, a maior parte é do norte da França, do leste e da região de Paris, tradicionalmente as áreas mais afetadas desde o início da pandemia.  

Claudiomar Filho/SelesNafes - ReproduçãoClaudiomar Filho/SelesNafes - Reprodução

As regiões ultramarinas

Nos departamentos e territórios ultramarinos franceses foram registradas 201 novas internações, sendo 33 delas em UTIs. Além da Guiana Francesa, a França tem regiões ultramarinas espalhadas pela América, África, Oceania e Antártica.

No entanto, é no território vizinho ao Brasil que a Diretoria Geral de Saúde tem concentrado seus esforços, visto que o vírus circula ativamente tanto na região costeira como pelas cidades do interior. 

Preocupadas com os níveis de contágio, que há muito extrapolaram a barreira do alerta, as autoridades sanitárias francesas decidiram reforçar a vigilância, enviando a Caiena uma missão de três profissionais para coordenar a condução dos trabalhos junto às equipes locais.  

As ações incluem a distribuição de máscaras e também a restrição de movimentações nas áreas onde o vírus está circulando de forma mais intensa. Há previsão da implantação do toque de recolher e restrições do funcionamento do comércio.

A pandemia de covid-19 já ultrapassou o total de 9,1 milhões de pessoas infectadas no mundo, sendo mais de 197 mil na França, que já tem quase 30 mil mortos.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.

Comentários

Você já percebeu que passamos por algumas mudanças por aqui, né? Uma delas é melhorar também o nosso campo de comentários - e nada melhor do que você, nosso leitor, para nos ajudar e garantir que a gente esteja no caminho certo. Substituímos temporariamente nossos comentários por uma pesquisa rápida para implementarmos mais uma melhoria. Como você acredita que nossa interação pode ser mais próxima aqui?

CLIQUE AQUI PARA RESPONDER