Seja o primeiro a compartilhar

Como uma pessoa notívaga pode se transformar em matutina?

Existem pessoas que têm o hábito, exemplar para uns, irritante para outros, de pular da cama cedinho, antes mesmo do nascer do sol. Essas pessoas fazem isso numa boa e usam o horário para várias atividades como: praticar atividades físicas, meditar, ler, adiantar algum trabalho e até mesmo planejar o seu dia.

Mas eles não são o nosso foco. Queremos saber mais sobre os notívagos, aqueles que fazem todo tipo de tarefa e atividades até altas horas e, no outro dia, mal têm tempo para tomar café, se vestir e ir trabalhar morrendo de sono. A questão é: pode uma pessoa de hábitos noturnos se transformar em um desses madrugadores?

Fonte: Harvard Medical School/ReproduçãoFonte: Harvard Medical School/Reprodução

Para a diretora de medicina comportamental do sono da Clínica Cleveland nos EUA, Michelle Drerup, é possível, sim, fazer essa mudança, mas é muito difícil. Para a médica, "uma verdadeira coruja noturna realmente não se sente bem ao acordar, especialmente quando está começando a mudar isso".

Essas diferenças comportamentais são chamadas pela ciência de cronótipos: as pessoas matutinas rendem mais pela manhã, enquanto há as vespertinas e também as noturnas, que tem um funcionamento melhor de tarde ou à noite. O grande problema ocorre quando pessoas matutinas têm empregos cujo expediente se inicia pela manhã.

Tornando-se um madrugador

Fonte: Torwai/ReproduçãoFonte: Torwai/Reprodução

O cronótipo é estabelecido por uma combinação de natureza e criação, explica Drerup ao site Live Science. No aspecto da natureza, vários genes determinam se uma pessoa prefere ficar acordada tarde da noite ou de manhã cedinho, o chamado ritmo circadiano, período de 24 horas que regula o ciclo natural de sono-vigília de cada um.

Embora não seja possível mudar completamente o nosso cronótipo, o fator ambiente pode ser alterado (aos poucos!) para ajudar aquelas pessoas notívagas que desejem, ou necessitem, fazer parte da galera dos madrugadores. Drerup sugere que o despertador possa ser adiantado em 15 a 20 minutos a cada poucos dias, durante semanas, até que você atinja o seu horário ideal.

Drerup dá outras dicas como: evite muitas atividades noturnas, limite sua exposição a luzes e telas brilhantes (que bloqueiam a produção de melatonina), evite refeições grandes e pesadas na hora de dormir, mas, principalmente, tente entender o motivo pelo qual você quer fazer essa mudança. Afinal, ficar acordado até tarde só se torna um problema se você precisar mesmo levantar cedo.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.