Você sabia que tomar banho quente pode substituir caminhadas?

Pesquisadores da Universidade de Coventry, Inglaterra, descobriram que tomar um banho quente pode substituir as tradicionais caminhadas, sendo capaz de regular funções do corpo e simular efeitos benéficos para a saúde que os exercícios físicos como corridas, bicicleta, natação e outras atividades aeróbicas podem trazer.

Segundo artigo publicado nesta última terça-feira (25) no The Conversation, as "terapias térmicas" são responsáveis por desenvolver uma série de vantagens para o corpo, como o aumento do fluxo sanguíneo, da temperatura corporal e da frequência cardíaca. Além disso, os banhos quentes contribuem com o sistema cardiovascular, com o crescimento e reparação de células e no combate à depressão, trazendo benefícios para a pressão arterial e ao controle de açúcar no sangue para pessoas com diabetes tipo 2.

"O termo 'exercício é medicina' é legitimamente bem divulgado. É uma das melhores maneiras de se manter saudável, mas a medicina não funciona se você não estiver preparado para tomá-la. A adesão ao exercício é muito pobre, com muitas pessoas relutantes em se exercitar devido à falta de tempo e motivação", disse Charles Steward, um dos autores do projeto. "E para aqueles que são mais velhos ou têm doenças crônicas, o exercício também pode causar dor, o que, por razões óbvias, limita ainda mais o exercício."

(Fonte: Mixkit / Reprodução)(Fonte: Mixkit / Reprodução)

A pesquisa foi realizada com um grupo de voluntários que passaram o mesmo intervalo de tempo em bicicletas e banheiras de hidromassagem, e buscava obter conclusões sobre o impacto do rigoroso sedentarismo sob a população britânica. Os resultados do estudo indicaram que em ambos os casos houve aumento na temperatura corporal, frequência cardíaca e fluxo sanguíneo, apesar de o exercício físico ter se mostrado mais eficiente em relação ao gasto de energia, perda de gordura e melhoria de massa muscular e de densidade óssea.

Alternativas ao sedentarismo

Cerca de 25% dos adultos de todo o mundo são apáticos ou ausentes em relação a exercícios físicos e deixam de cumprir as metas semanais mínimas de 150 minutos de atividade moderada ou 75 minutos de atividade vigorosa. Desses índices, o Reino Unido se destaca como um dos piores registros mundiais e uma em cada seis mortes na nação insular é causada por inoperância física. Curiosamente, os números são os mesmos apurados em relação ao tabagismo.

"Embora o exercício continue sendo a melhor maneira de melhorar sua saúde, pesquisas mostram que tomar banho em uma sauna ou banheira de hidromassagem são opções alternativas para aqueles que não estão dispostos ou são incapazes de participar de exercícios suficientes", concluiu Steward.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.