Seja o primeiro a compartilhar

Estalinho de festa junina: entenda como ele funciona

O estalinho de festa junina é pequeno, mas capaz de assustar uma pessoa desatenta — embora, o seu barulho se disfarce em meio às risadas das crianças que brincam com ele. Sendo que o principal medo das pessoas que não gostam do estalinho é de se machucarem com a pequena explosão do artefato.

Esse medo é infundado, pois esse produto não tem potencial para causar queimaduras nas crianças. Contudo, dependendo da idade dos pequenos, é importante evitar a brincadeira, pois ele contém produtos tóxicos que podem fazer mal às crianças, se ingeridos em grande quantidade.

No entanto, por que a explosão do estalinho é mais segura do que a de outros artefatos, como as bombinhas? A resposta está nos componentes internos que darão origem a essa explosão.  

Estalinho: um artefato que explode facilmente!

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

Em 1820, cientistas descobriram uma utilidade para o fulminato de prata: a fabricação de explosivos. Contudo, ao contrário de outros elementos, como a pólvora, o fulminato de prata é muito instável. Isso significa que ele explode com muita facilidade, o que inviabiliza o seu uso militar ou como explosivo para uso na mineração, por exemplo.

Para você ter uma ideia, o fulminato de prata é sensível ao calor, atrito, eletricidade e impacto. Uma bomba desse produto não poderia ser transportada sem explodir o veículo em que está.

Como o estalinho se tornou seguro para as crianças?

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

Você já ouviu aquele ditado que diz que a diferença entre o veneno e o remédio é a quantidade? Então, no caso dos estalinhos, a resposta é justamente essa.

Há uma pequena quantidade de fulminato de prato dentro daqueles papeizinhos misturado com pequenas pedrinhas ou areia. Ao ser jogado ao chão, essas pedras criam o atrito necessário para que o instável fulminato de prata exploda. A explosão gera gases, como o monóxido de carbono e o nitrogênio. Esses gases se expandem a ajudam o estalinho a se tornar o brinquedo barulhento que faz a alegria das crianças.

Como a quantidade é muito controlada, a explosão é minúscula e não tem potencial para ferir quem brinca com o estalinho. Portanto, trata-se de uma opção segura, embora  deva ser feita fora de casa, pois gera muita sujeira.

Festa junina e Ano-Novo Chinês


Assim como os fogos de artifício, os estalinhos estão presentes em festas de vários países. Esses produtos são comercializados desde 1950 e podem ser encontrados em vários países, como a China, EUA e, claro, o Brasil.

Então, o estalinho comemora o Ano-Novo chinês, o Dia da Independência dos EUA e as festas juninas brasileiras.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.