Seja o primeiro a compartilhar

5 inovações surpreendentes criadas pelo Império Inca

O Império Inca prosperou na região andina da América do Sul durante séculos, após ter surgido em algum momento do século XIII. No auge do seu reinado, entre 1300 e 1500, seu território continha grande parte dos atuais Peru, Chile, Bolívia e Equador. Mas isso não era a única coisa impressionante: os incas eram uma sociedade bastante avançada.

Embora boa parte da inovação do mundo antigo tenha vindo da Europa, do Oriente Médio e do Extremo Oriente, o povo inca provou que as populações americanas também eram desenvolvidas. Veja só essa lista com cinco inovações surpreendentes criadas por esse povo!

Leia também: 10 invenções indígenas das Américas que ainda usamos

1. Machu Picchu

(Fonte: Getty Images)(Fonte: Getty Images)

A cidade de Machu Picchu é provavelmente uma das construções mais icônicas dos incas. Localizada no alto da Cordilheira dos Andes, ela foi construída no século XV e deveria servir como propriedade real para os imperadores daquele povo. Hoje, no entanto, o local permanece como um sítio arqueológico mundial de grande renome — recebendo milhares de visitantes todos os anos.

Porém, isso não é tudo. A região onde Machu Picchu foi construída recebe, em média, 203 centímetros de chuva todos os anos. E como está localizada em encostas íngremes, os deslizamentos de terra tornaram tudo na região mais difícil. Os incas, por sua vez, aproveitaram esse fenômeno para criar uma série de paredes que filtrava essa água e a convertia em uma fonte sustentável de água potável. 

2. Agricultura em colinas

(Fonte: Getty Images)(Fonte: Getty Images)

Como os incas viviam em planaltos montanhosos tão altos, eles precisavam ser criativos na forma como abordavam a agricultura e a produção de alimentos. Por não terem vastas extensões de terra plana para plantio, eles tiveram que trabalhar com colinas altas, penhascos escarpados e estepes íngremes. Para isso, eles desenvolveram a agricultura em socalcos.

Isso significa que esse povo usou pedras e outros blocos artificiais para criar plataformas escalonadas que corriam em anéis ao longo das encostas — basicamente emulando planícies nas colinas. Dessa forma, os incas conseguiram sustentar a sua civilização durante séculos.

3. Pontes suspensas

(Fonte: Getty Images)(Fonte: Getty Images)

Como o Império Inca estava estabelecido tão alto nos Andes, era difícil atravessar grandes distâncias. Então, em vez de apenas se contentar em subir lentamente as encostas ou descê-las para chegar aos lugares, eles tiveram uma ideia: desenvolver pontes suspensas extraordinariamente avançadas.

Chamadas de “Q'eswachaka”, essas construções eram feitas de grama e fibras fortemente interligadas. Quando esses materiais eram entrelaçados, eles permitiam que a ponte suportasse uma quantidade considerável de peso. Assim, as pessoas conseguiam cruzá-la com regularidade sem maiores problemas. Isso facilitou o comércio, o transporte eficiente e uma logística melhorada para todos.

4. Ferramentas astrológicas

(Fonte: Getty Images)(Fonte: Getty Images)

Os incas acreditavam que todo o universo estava conectado pelo Sistema Solar. O Sol e a Lua eram considerados deuses por aquele povo, como acontecia em muitas culturas ao redor do mundo. Contudo, além dos aspectos religiosos, os incas tinham marcadores de tempo surpreendentemente complexos envolvendo as estrelas, os planetas e a Lua.

Através do ângulo do Sol atingindo estruturas de pedra em um local específico, eles sabiam quando era a hora certa de começar a plantar ou colher alimentos. Ao longo dos anos, diversas ferramentas astronômicas ajudaram esse povo a se localizar. Logo, mesmo que eles não tivessem calendários ou relógios como conhecemos, eles sabiam exatamente que horas eram.

5. Corredores incas

(Fonte: Getty Images)(Fonte: Getty Images)

Sem a energia motorizada de veículos para ajudar no transporte de mercadorias, os incas precisavam de força humana para fazer o trabalho. Nesse sentido, os chasquis eram as pessoas certas. Esse era o nome dado para jovens altamente treinados e extremamente aptos que serviam como corredores entre comunidades incas de difícil acesso.

Os chasquis cruzavam várias pontes suspensas, subiam e desciam por trilhas montanhosas árduas e por afloramentos rochosos. Quando atingiam seu limite físico, passavam a mensagem para o próximo chasqui, que continuava a jornada o mais rápido possível. Portanto, você meio que pode agradecer aos incas pelo sistema de correios eficaz que você conhece atualmente.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.