Curativo eletroquímico pode detectar contaminação por bactéria
04
Compartilhamentos

Curativo eletroquímico pode detectar contaminação por bactéria

Último Vídeo

Ed Golush, professor assistente de Engenharia Química na Northeastern University, EUA, é o responsável por um estudo que explica como determinadas bactérias agem e por que umas são mais resistentes a antibióticos do que outras. As pesquisas o fizeram procurar mais soluções para os problemas causados por esses invasores.

 

Com a ajuda do acadêmico Thaddeus Webster, ele descobriu, a partir dos seus estudos iniciais, uma maneira de identificar a presença da bactéria Pseudomonas aeruginosa. De acordo com informações do Instituto de Química da Universidade de São Paulo, essa bactéria é encontrada principalmente no solo e na água, podendo também estar presente em plantas e animais. Sua ação ocorre por meio de infecções sérias que podem causar a morte se não tratadas.

Sensores

Fonte da imagem: Reprodução/FastCoexist

A identificação ocorre por meio de um tipo de curativo, capaz de localizar a bactéria específica através de sensores eletroquímicos, criados com a mesma tecnologia presente nos chips de computadores. O sensor consegue detectar a presença da bactéria antes mesmo dos primeiros sintomas.

 

Os estudos ainda estão em sua fase inicial, mas a descoberta já anima cientistas, principalmente com a possibilidade de poder descobrir maneiras de flagrar outros tipos de invasores microscópicos.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.