Conheça o menino que pode morrer se comer qualquer coisa além de pêssegos
699
Compartilhamentos

Conheça o menino que pode morrer se comer qualquer coisa além de pêssegos

Último Vídeo

Todo mundo conhece alguém que sofre de algum tipo de intolerância alimentar — sendo as mais comuns à lactose e ao glúten. Tampouco é raro encontrar indivíduos que sofrem de alergia a mais alimentos, como crustáceos, frutos do mar e determinados frutos secos, por exemplo, mas você sabe de alguma pessoa que só pode comer um único tipo de coisa e que pode morrer se variar a dieta?

Rotina dramática

De acordo com Christian Cotroneo, do site Mother Nature Network, esse é o caso de garotinho canadense de apenas dois anos de idade chamado Micah. Ele sofre de uma síndrome chamada enterocolite induzida pela proteína alimentar que consiste em uma inflamação do intestino delgado e cólon cujos sintomas incluem mal-estar, dor abdominal, náusea, vômito, febre alta e diarreia (com evacuações que podem variar de 20 a 40 vezes por dia).

PêssegoJá pensou se você só pudesse comer isso? (Pixabay/Couleur)

Essa condição é incurável e superdebilitante e, no caso de Micah, as crises são desencadeadas toda vez que ele ingere qualquer alimento que não sejam pêssegos. Pois é, caro leitor, não que essa seja desagradável! Ela é uma delícia, especialmente agora no verão, quando é consumida fresquinha. Mas pense em como seria se ela fosse a única coisa pudesse comer — o dia todo, todos os dias.

Pois segundo Christian, Micah é alérgico a praticamente todos os tipos de alimentos, incluindo o leite da mãe, e o pior é que inclusive os pêssegos podem desencadear violentas reações no organismo do menino. Ele só pode ingerir frutas orgânicas e frescas, já que as variedades comuns, em calda ou congeladas podem conter aditivos ou traços de pesticidas — e fazer com que o menino tenha crises.

Para você ter uma ideia, a mãe de Micah contou que o primeiro alimento sólido que a família tentou dar ao menino foi uma banana — e o resultado foi que ele passou horas vomitando, chegou a desmaiar e teve que ser levado às pressas ao hospital. Outras tentativas de dar comidas distintas ao bebê resultaram em intensa dor gastrointestinal, surgimento de erupções cutâneas e até choque hemorrágico.

Limitações

Além das complicações citadas acima, conforme já mencionamos em uma matéria anterior aqui do Mega Curioso, o nosso organismo precisa de uma dieta variada para poder funcionar direito — e comer um alimento só pode causar o surgimento de vários problemas de saúde. No caso do pequeno Micah, os pais dele descobriram que, aparentemente, o menino tolera uma sopinha (bem rala) feita com carne de coelho, e estão introduzindo a novidade na dieta dele, dando à criança meia colherinha de chá do caldo ao dia.

MicahO pequeno Micah (GoFundMe)

Como você pode imaginar, uma dieta limitada a pêssegos orgânicos — que não são baratos e não estão disponíveis o ano todo — e caldinho de coelho não é nada barata, sem falar nos custos que a família deve ter com médicos e hospitais. Por conta disso, os pais do menino lançaram uma campanha para arrecadar doações e, assim, ajudar um pouco no orçamento familiar.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.