Seja o primeiro a compartilhar

Você canta músicas errado? Entenda o que o é o 'virumdum'

O termo “virundum” pode não ser tão conhecido por muitas pessoas, mas certamente grande parte dos apaixonados por música, principalmente, já foi vítima deste "fenômeno" pelo menos uma vez, ao cantar alguma das suas canções preferidas de forma errada. Mas afinal, o que significa esta palavra?

Trata-se de um neologismo que se refere a uma confusão fonética causada pela semelhança sonora entre duas palavras e que pode acontecer em vários idiomas. Ao ouvi-las, você entende uma coisa, mas na verdade se trata de outra completamente diferente.

Essa expressão tão diferente tem uma origem bastante simples, ao contrário do que possa parecer (não se trata de uma palavra indígena, como alguns acreditam). Ela surgiu como uma brincadeira relacionada à má interpretação dos versos iniciais do Hino Nacional Brasileiro.

O hino nacional é cheio de O hino nacional é cheio de "virunduns". (Fonte: Freepik)

A estrofe original “Ouviram do Ipiranga às margens plácidas” costuma ser entendida por muitos brasileiros como “O virundum Ipiranga às margens plácidas”. E foi daí que surgiu a palavra virundum, cuja origem é atribuída ao jornalista Paulo Francis — ele teria mencionado o termo pela primeira vez no tabloide O Pasquim.

Mais exemplos de “virunduns”

Agora que já sabemos o que é virundum e de onde veio a expressão, que tal conhecer outros exemplos deste fenômeno? Há muitos deles por aí, inclusive em mais trechos do nosso hino nacional e em muitas músicas famosas, mesmo naquelas cantadas em inglês.

Confira:

"Noite do Prazer" (Cláudio Zoli)

Como é: “A madrugada, a vitrola, rolando um blues, tocando B. B. King sem parar...”

Como cantamos: “A madrugada, a vitrola, rolando um blues, trocando de biquíni sem parar...”

"Homem Primata" (Titãs)

Como é: “Homem primata, capitalismo selvagem...”

Como cantamos: “Homem que mata, capitalismo selvagem...”

"Melô do Marinheiro" (Paralamas do Sucesso)

Como é: “Entrei de gaiato no navio...”

Como cantamos: “Entrei de caiaque no navio...”

"Do Leme ao Pontal" (Tim Maia)

Como é: “Tomo guaraná, suco de caju, goiabada para sobremesa...”

Como cantamos: “Pão com guaraná, suco de caju, goiabada para sobremesa...”

"Oceano" (Djavan)

Como é: “Amar é um deserto e seus temores...”

Como cantamos: “Amarelo deserto e seus tremores...”

"Purple Haze" (Jimi Hendrix)

Como é: "Excuse me while I kiss the sky..."

Como cantamos: "Excuse me while kiss this guy..."

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.