10 curiosidades sobre São Jorge, o 'Santo Guerreiro'

Nesta sexta-feira (23), comemora-se o Dia de São Jorge, um dos santos mais venerados na Igreja Católica Apostólica Romana, na Igreja Anglicana e na Igreja Ortodoxa, além de ser celebrado em outras crenças religiosas.

Que tal conhecer um pouco mais do “santo guerreiro”? Listamos, a seguir, 10 curiosidades sobre São Jorge.

1. Origem da celebração

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

O Dia de São Jorge remete à data da sua morte, 23 de abril de 303, quando ele foi decapitado a mando do imperador Diocleciano.

2. Datas diferentes

(Fonte: Diário do Rio/Reprodução)(Fonte: Diário do Rio/Reprodução)

Ele é celebrado pelos ortodoxos, que seguem o calendário juliano, no dia 6 de maio, e também costuma ser lembrado em 3 de novembro, data da reconstrução da igreja de Lida (Israel), onde ficam seus restos mortais.

3. Bandeira da Inglaterra

(Fonte: Freepik)(Fonte: Freepik)

Ele foi padroeiro da Inglaterra até 1893, quando o Papa Leão XII o substituiu por São Pedro. Porém, a cruz vermelha do mártir permanece na bandeira inglesa.

4. Santo guerreiro

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

Jorge da Capadócia era um soldado do império romano convertido ao cristianismo que questionou as ordens do imperador para perseguir os cristãos, defendendo bravamente sua crença.

5. Rebaixado na hierarquia católica

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

O Papa Paulo VI rebaixou São Jorge na escala de santos em 1963, mas o Papa João Paulo II restaurou sua relevância nos anos 2000.

6. Santos Auxiliares

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

São Jorge é um dos 14 santos auxiliares, invocados pelos devotos em casos de necessidade especial, principalmente para curar doenças.

7. Padroeiro da Catalunha

(Fonte: Wikimedia Commons)(Fonte: Wikimedia Commons)

Na Catalunha (Espanha), onde é padroeiro, a sua data é celebrada de forma especial: os homens dão rosas às mulheres, que os presenteiam com livros.

8. Escudo do Barcelona

(Fonte: Facebook/FC Barcelona)(Fonte: Facebook/FC Barcelona)

A cruz de São Jorge também aparece no escudo do Barcelona.

9. Foi "cultuado" em religiões afro-brasileiras

(Fonte: Diário do Rio/Reprodução)(Fonte: Diário do Rio/Reprodução)

Praticantes de religiões de matriz afro-brasileira já associaram São Jorge ao orixá Ogum, representado pela figura de um guerreiro. Esse "sincretismo", na realidade, era um meio de disfarçar a prática dos cultos de origem africana contra a perseguição cristã.

10. São Jorge e a Lua

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Diz a lenda que as manchas na Lua representam São Jorge e sua espada a postos para defender quem busca a sua ajuda.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.