9 atores que deram o sangue pela arte, literalmente

Muita gente nem imagina, mas acidentes em sets de filmagens são relativamente comuns — e, às vezes, os atores se machucam de verdade, enquanto tentam gravar uma cena. Esses acidentes são tão frequentes que, há alguns anos, o Mega Curioso publicou uma lista com 18 casos.

Um dos mais impressionantes, e que inspirou esta lista, é o de Leonardo DiCaprio em Django Livre. O ator cortou a mão de verdade, quando bateu com muita força em um vidro. Mas ele não saiu do personagem e aproveitou o machucado para dar mais força à cena: ele passa a mão cheia de sangue no rosto da atriz Kerry Washington. 

Porém, se você pensa que DiCaprio é o único gênio que continuou no personagem, mesmo machucado, esse é um grande engano: muita gente esqueceu seu sangue e suas dores, em nome da arte — inclusive nas novelas brasileiras. A seguir, confira outros casos curiosos.

1. Jake Gylenhaal, em O Abutre (2014)

Assim como DiCaprio em Django Livre, Jake Gylenhaal descontou sua raiva em um objeto de vidro em uma cena de O Abutre. Ele fechou a porta do armário com toda força e, de forma não prevista no script, o espelho se partiu em cima da mão do ator. Ele precisou de alguns pontos por causa disso, mas a cena ficou ótima!

2. Martin Sheen, em Apocalypse Now (1979)

Outra cena envolvendo espelhos acontece em Apocalypse Now. O personagem de Martin Sheen aparece bêbado em um quarto de hotel, enlouquecendo sozinho — e o ator gravou realmente bêbado, para dar mais veracidade à cena. Ele decide, então, dar um baita soco no espelho do quarto, o que faz sua mão sangrar. Sheen continua a cena, sujando os lençóis e seu próprio rosto com o sangue — que é de verdade. 

3. Harrison Ford, em O Fugitivo (1993)

Na outra lista sobre esse assunto, nós falamos sobre o acidente de Harrison Ford em O Despertar da Força (2017), mas o ator tem uma história ainda mais impressionante. Durante filmagens de uma cena de fuga na floresta, Ford rompeu os ligamentos da perna, mas se recusou a tratar o ferimento antes de terminar as filmagens — assim, o personagem também passaria o filme inteiro mancando com mais veracidade. Isso que é comprometimento! 

4. Ellen Burstyn, em O Exorcista (1973)

Imagem: Buzzfeed(Fonte: Buzzfeed/Reprodução)

Em uma das cenas mais famosas e dramáticas deste clássico do horror, a possuída Regan ataca sua própria mãe, vivida pela atriz Ellen Burstyn. Em dado momento, o espírito joga a mulher contra a parede e ela cai no chão gritando.

Um dublê era o responsável por empurrar a atriz, enquanto a câmera dava um close no rosto apavorado da personagem. O dublê exagerou na força e a atriz machucou feio suas costas, ficando indignada com o diretor William Friedkin. Os gritos que ouvimos na cena são os da própria Ellen, morrendo de dor.

5. Daryl Hannah, em Blade Runner (1982)

Na clássica ficção científica de Ridley Scott, a atriz Daryl Hannah vive uma androide chamada Pris. Em uma determinada cena, ela se surpreende ao encontrar o personagem J.F. Sebastian em um beco escuro e sai correndo, até escorregar na calçada e trombar na janela de uma van. Por mais que a fuga fizesse parte do roteiro, o escorregão e o vidro quebrado foram um acidente: mesmo assim, Daryl Hannah continuou no personagem e terminou a cena — que acabou na versão final de Blade Runner

6. Steve Carell, em O Virgem de 40 Anos (2005)

Agora, uma história mais divertida: quando o protagonista do filme vai depilar o peito para sua primeira noite de amor, nada é cenográfico: o ator realmente removeu seus pelos, com cera de verdade, e se machucou no processo. Os gritos, as lágrimas no final e a pele empolada: tudo é real. Além disso, a atriz que fez a depiladora não tinha experiência na área e não sabia que era necessário passar vaselina no peito, antes da depilação. Assim, ela quase arrancou os mamilos de Steve Carell — até o diretor perceber o erro e terminar a cena.

7. Cary Elwes, em A Princesa Prometida (1987)

Imagem: Den of Geek/Reprodução(Fonte: Den of Geek/Reprodução)

Em uma das sequências desse filme, o herói Westley é flagrado com a personagem-título e, então, leva uma pancada para ser preso. O golpe foi real e o ator Cary Elwes ficou realmente desacordado por um tempo após gravar essa cena. 

8. Lilia Cabral, em Páginas da Vida (2006)

Não é só em Hollywood que os atores continuam no personagem, mesmo machucados: um dos casos mais curiosos desta lista é de uma novela brasileira. Em Páginas da Vida, a atriz Lilia Cabral vivia a perversa Marta, que aceita um cheque pela guarda de seu neto. O marido dela, interpretado por Marcos Caruso, não aceita e os dois “entram no tapa” por causa do papel.

Depois de muita discussão e alguns tapas, o personagem de Caruso empurra Lilia. Só que aqui a atriz realmente bateu a cabeça feio na mesa do set. Como ela sabia que o machucado ia inchar e ela teria que ficar fora da novela por alguns dias, ela preferiu terminar a cena, mesmo com dor — os gritos na cena são reais. Após finalizar a cena, Lilia descobriu que realmente feriu um osso de seu rosto e pegou atestado. Mas a cena é uma das mais marcantes da novela.

Também há o caso da atriz Tippi Hedren sendo agredida por aves de verdade no set de Os Pássaros, de Hitchcock — mas tem um post inteirinho sobre essa história no Mega.

Em todos esses casos, o comprometimento dos atores fez toda diferença para o resultado — tanto que não há nenhuma obra ruim nesta lista, não é? Se você lembra de mais casos curiosos que não entraram aqui, você pode complementar o artigo nos comentários.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.