Crianças bilíngues se desenvolvem melhor?

Aprender um novo idioma, principalmente o inglês, é essencial hoje, seja para estudos (30%), seja para viagens (20%), seja para trabalhos (16%). Os dados são do Duolingo Language Report, nosso relatório anual sobre o aprendizado de idiomas no mundo. Mas você sabia que falar duas ou mais línguas desde a primeira infância também promove inúmeros benefícios cognitivos?

Segundo um estudo publicado na revista científica Nature, os adultos que cresceram falando dois idiomas têm muito mais facilidade em concentrar sua atenção em diferentes tarefas do que os que só falavam uma língua quando crianças. Isso porque elas alternam constantemente entre as línguas distintas, o que melhora a "flexibilidade cognitiva", que é a habilidade em mudar a atenção e alternar entre múltiplos conceitos.

Mais especificamente, a idade da pré-escola (de 0 a 6 anos) foi batizada de “mente absorvente” pela educadora Maria Montessori, e isso quer dizer que o cérebro consegue absorver e reter muito mais informações nesse período.

Além dos benefícios cognitivos ao longo dos anos, ser bilíngue desde cedo também proporciona muitas vantagens culturais: o acesso a outro idioma facilita o entendimento de outras culturas e das raízes familiares, no caso de os pais serem estrangeiros. Aqueles que são bilíngues desde a primeira infância também são mais sensíveis em relação às pessoas, por meio de diferentes perspectivas e experiências, sendo mais empáticos.

Não existe um jeito melhor de ensinar uma nova língua para as crianças em casa, cada família deve adaptar essa função à sua rotina, mas há dicas valiosas para auxiliar nessa tarefa. Veja abaixo algumas das principais dúvidas sobre o assunto, assim como sugestões do Duolingo para incentivar o aprendizado de idioma em casa.

1. Precisa dominar a língua que os filhos vão aprender?

Não sinta obrigação de ensinar um novo idioma — essa deve ser uma tarefa divertida e prazerosa para todos. O mais importante é o entusiasmo em ajudar. Se você não domina o idioma, vocês podem encontrar filmes e vídeos, bem como ouvir música juntos, além de achar vídeos e apps para facilitar o aprendizado.

2. Pode falar dois idiomas (ou mais) dentro de casa?

Seja porque é estrangeiro e deseja que seus filhos aprendam sua língua nativa, seja porque quer ensinar um novo idioma, para ajudá-los no futuro, não tem problema algum em falar mais de um idioma dentro de casa. As crianças conseguem distinguir os diferentes idiomas e sabem usar cada um no momento apropriado.

3. A leitura é fundamental

Tanto no próprio idioma quanto em um novo, ler é fundamental para o aprendizado. Além de desenvolver melhor o vocabulário, a leitura em outra língua ajuda na leitura em português, já que a habilidade "se transfere" de um idioma para o outro. Complemente com filmes e músicas nas outras línguas para deixar o exercício ainda mais divertido.

4. É completamente normal que as crianças troquem de idioma ao longo do dia

Não precisa se preocupar: o cérebro delas mistura as línguas e elas aprendem a separá-las, o que também ajuda no desenvolvimento de cada idioma. Por exemplo, se os avós só falam português, ela saberá escolher o idioma de acordo com a situação.

5. Cole recados ou adesivos pela casa

Para uma memorização mais rápida e prática, cole recados ou adesivos com nomes e verbos em móveis, objetos, brinquedos e mais. Divirta-se!

Quanto mais cedo a criança for introduzida a um novo idioma, melhor será o seu aprendizado. E, para quem quer um empurrãozinho para começar a estudar agora com os seus filhos, o Duolingo é uma ferramenta eficiente, gratuita, acessível e que pode ser usada por pessoas de todas as idades, com 500 milhões de downloads no mundo, e 30 milhões no Brasil.

  • Coluna escrita com a colaboração de Cindy Blanco.

***

Analigia Martins é diretora de Marketing no Brasil de Duolingo, a maior plataforma de aprendizado de idiomas do mundo e o aplicativo mais baixado na categoria de Educação no iTunes e na Google Play. Responsável por aumentar a notoriedade e o crescimento do Duolingo no Brasil, segundo maior mercado da empresa, a executiva tem 20 anos de experiência em marketing de serviços, especialmente na área de Educação no Brasil e nos Estados Unidos. Analigia é pós-graduada em Administração de Empresas pela Universidade Harvard e bacharel em Publicidade pela Fundação Cásper Líbero.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.