Seja o primeiro a compartilhar

5 coisas que você não sabia sobre o humor

O humor brasileiro é extremamente rico. Temos uma longa tradição de comediantes que, ao longo de muitas décadas, nos fizeram rir e relaxar das situações tensas do cotidiano. Gente como Chico Anysio, Tom Cavalcante, Fabio Porchat, Renato Aragão, Regina Casé, Dani Calabresa, Marcelo Adnet, Tatá Werneck, Dercy Gonçalves, Grande Otelo, dentre tantos outros.

Todos estes artistas tentaram, por meio de seu trabalho, demonstrar que o humor tem múltiplas caras. Ele pode provocar, questionar, conscientizar, comover — além, claro, nos fazer rir. Toda esta reflexão é até tema de uma série documental chamada O Que Você Não Sabia Sobre o Humor Brasileiro, realizada pelo comediante Fabio Porchat e disponibilizada na Star+.

O fato é que o humor é um elemento importantíssimo da nossa cultura: sabemos tanto rir (mesmo que seja da nossa desgraça) quanto fazer os outros rirem. Neste texto, listamos 5 fatos interessantes sobre o humor.

1. O riso é capaz de comunicar 

(Fonte: O Tempo)(Fonte: O Tempo)

O comediante Gregorio Duvivier já disse que a risada cria uma conexão afetiva. E a verdade é que o humor pode tornar a comunicação mais fácil, fazendo com que passemos uma mensagem que seria difícil de outra forma. Não por acaso, boa parte do humor que foi feito no Brasil tirava sarro das nossas mazelas econômicas e políticas.

Um estudo feito por pesquisadores de Comunicação nas universidades da Pensilvânia e Ohio mostrou que o uso do humor em notícias políticas fazia com que os jovens se lembrassem mais delas. Isto porque, conforme foi constatado em pesquisa, o humor ativa regiões do cérebro que estão envolvidas na percepção da emoção de outras pessoas. Por isso, o humor também é capaz de conectar.

2. O humor brasileiro mistura diferentes matrizes culturais

(Fonte: Pinterest)(Fonte: Pinterest)

O professor Elias Thomé Saliba, em seu livro Crocodilos, Satíricos e Humoristas Involuntários, analisou as raízes históricas do humor brasileiro. 

Ele chegou à conclusão de que a comédia no Brasil misturou origens cultas e populares, mas alguns gêneros se tornaram mais proeminentes entre nós. Um deles é a paródia, que é a releitura cômica de outra obra, exagerando alguns de seus aspectos.

3. O humor tem prazo da validade

(Fonte: G1)(Fonte: G1)

O humor é um elemento muito vivo da cultura: ele costuma mudar à medida que a sociedade muda. Por conta disso, é normal que certos tipos de comédia "vençam" com o passar do tempo.

Um exemplo é o tipo de humor escrachado e iconoclasta que era feito, por exemplo, no programa Pânico. Mesmo tendo feito estrondoso sucesso, hoje é até difícil imaginar que tantas pessoas tenham rido com piadas muito desrespeitosas e politicamente incorretas.

O humorista Fabio Porchat fala que isso acontece porque o humor é um reflexo da época e do lugar em que ele é feito. Isto explica também por que, quando crescemos, passamos a achar graça de outras coisas.  Os mais novos, por exemplo, riem de memes que nem sempre seus pais ou avós entendem.

O historiador Elias Saliba explica com clareza. “Piadas são códigos culturais que as sociedades produzem em determinada época. Cabe a nós, intérpretes, decifrá-las”, declarou à revista Gama.

 4. O riso contagia

(Fonte: Multishow)(Fonte: Multishow)

Sabe por que damos risada quando ouvimos a claque (aquela risada de fundo de várias pessoas juntas) em séries de comédia? Porque o humor tem uma capacidade de contagiar.

Segundo a diretora de teatro Neyde Veneziano, o riso é um ato quase que coletivo, que explode numa gargalhada quando as pessoas estão juntas. E é por isso que assistir a um filme de comédia no cinema é sempre muito melhor do que vê-lo sozinho em casa.

5. O riso nos aproxima da infância

(Fonte: UOL)(Fonte: UOL)

A comédia tem a capacidade de nos liberar temporariamente da seriedade que assumimos quando chegamos à idade adulta. Por isso, rir nos leva de volta à experiência de ser criança, nem que seja por um segundo.

Em entrevista à revista Continente, o psicólogo Daniel Kupermann explicou: "a arte (dos comediantes) nos possibilita escapar do peso opressivo das idealizações e resgatar o poder da imaginação e da ilusão criadora infantil, permitindo-nos voltar a brincar, aliviando a carga imposta pela vida adulta". Deve ser por isso que gostamos tanto dos profissionais do riso.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.