Identificaram “arma secreta” usada pelos vikings em sua expansão na Europa
604
Compartilhamentos

Identificaram “arma secreta” usada pelos vikings em sua expansão na Europa

Último Vídeo

Quando vemos o termo “arma secreta”, logo imaginamos uma arma propriamente dita, um artefato usado — especialmente quando pensamos nos temidos vikings — para infringir ferimentos e dor aos inimigos. No entanto, o que um cientista da Universidade de Uppsala, na Suécia, identificou não foi um armamento revolucionário em si, mas um recurso que certamente contribuiu e muito nas conquistas dos guerreiros nórdicos por toda a Europa.

Temidos e engenhosos

De acordo com Vicente Fernández López, do site Quo.es, embora tocassem o terror pela Europa há tempos — e já fossem velhos conhecidos dos antigos romanos —, a fama de guerreiros sanguinários e terríveis dos vikings só começou a se espalhar pelo continente europeu mais para o final do século 8, depois que um grupo invadiu e saqueou o Mosteiro de Lindisfame, situado na Ilha Sagrada, uma ilha de maré localizada no litoral nordeste da Inglaterra.

Castelo medievalCastelo de Lindisfarne (Wikimedia Commons/Matthew Hunt)

Esse evento marcou, segundo os historiadores, o início das invasões vikings na Europa e, cerca de 3 séculos mais tarde, esses povos já tinham conquistado todo o norte do Velho Continente, a maioria das ilhas britânicas, o norte da França e a Groenlândia. Além disso, durante esse período, os conquistadores nórdicos também já tinham explorado boa parte da Espanha e norte da África, sem falar que existem evidências de que eles chegaram a fazer incursões até a América.

Vikings(Fandom)

Pois o pesquisador sueco, chamado Andreas Hennius, acredita ter descoberto o que permitiu que os vikings chegassem tão longe em suas conquistas. Segundo ele, os exploradores desenvolveram toda uma indústria para a produção de alcatrão — material empregado para impermeabilizar as embarcações que os vikings usavam em suas viagens.

Vestígios

Segundo Vicente, as primeiras evidências de fornos usados na fabricação de alcatrão foram encontradas por arqueólogos na Suécia no ano 2000, e análises realizadas nos artefatos revelaram que eles teriam sido construídos por volta do século 2. No entanto, muitos outros fornos foram descobertos em escavações posteriores — e a sua datação, que revelou que eles teriam sido criados entre os séculos 7 e 10, mais ou menos, coincidem com o período em que os vikings expandiram suas conquistas pela Europa.

Vikings(Nerd Reactor)

Um fator interessante identificado pelo cientista é que esses “novos” fornos foram encontrados em áreas que não eram ocupadas por comunidades vikings, o que sugere que as estruturas foram edificadas exclusivamente para a produção de alcatrão. Ademais, os fornos também eram bem maiores do que os mais antigos e, de acordo com Andreas, teriam capacidade para produzir aproximadamente 300 litros da substância — quantidade que seria suficiente para impermeabilizar várias embarcações.

***

Você conhece a newsletter do Mega Curioso? Semanalmente, produzimos um conteúdo exclusivo para os amantes das maiores curiosidades e bizarrices deste mundão afora! Cadastre seu email e não perca mais essa forma de mantermos contato!

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.