Tricofagia: jovem come cabelo e tem estômago rasgado

Uma adolescente de 17 anos foi internada em um hospital do Reino Unido após apresentar complicações em seu estômago por comer compulsoriamente seus próprios cabelos. Segundo a equipe médica, os fios ingeridos rasgaram parcialmente o tecido do órgão criando um molde completo ao redor da estrutura.

No início de fevereiro, o caso da jovem foi relatado no periódico BMJ Case Reports, que esclareceu como houve a identificação do problema. De acordo com os pesquisadores, a garota foi levada ao hospital após ter desmaiado duas vezes em sequência. Ela apresentava um ferimento no rosto e na região do couro cabeludo.

(Fonte: BMJ Case Reports / Reprodução)(Fonte: BMJ Case Reports / Reprodução)

Inicialmente, o machucado na cabeça foi visto como uma consequência do acidente que a hospitalizada havia sofrido, mas logo os médicos chegaram à conclusão de que o caso era muito mais grave e estava diretamente relacionado a transtornos psicológicos. A jovem, então, foi diagnosticada com tricotilomania, um forte impulso de arrancar os cabelos, e tricofagia, a ingestão de maneira compulsiva dos fios.

Na situação em questão, os sintomas foram causados por uma gigante bola de pelo de cerca de 48 centímetros de comprimento que cobriu completamente o estômago da adolescente, causando dores abdominais intermitentes que foram se agravando consideravelmente nos últimos meses. De acordo com uma tomografia realizada no Queen's Medical Centre, em Nottingham, na Inglaterra, a presença da massa de cabelos resultou em uma ruptura na parede estomacal, sendo necessária uma cirurgia emergencial para a retirada do bolo.

Após avaliação de psiquiatras, a jovem foi liberada do hospital cerca de 7 dias depois da cirurgia e, atualmente, está "progredindo bem com conselhos alimentares", sendo acompanhada por um psicólogo e sem grandes complicações.

A síndrome de Rapunzel

A combinação dos dois transtornos de saúde mental — a tricotilomania e a tricofagia — resulta na chamada "síndrome de Rapunzel", uma condição psicológica severa capaz de causar grandes danos para o sistema digestivo após a formação de uma bola de cabelos no órgão, também conhecida como tricobezoar.

Até o momento, foram registrados cerca de 90 pacientes no mundo que sofreram com a síndrome, sendo considerada evento clínico raro. A maioria dos casos atinge crianças com menos de 10 anos de idade, com 0,5% a 3% de toda a população chegando a apresentar sintomas em diferentes proporções.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.