Seja o primeiro a compartilhar

Pirâmide localizada na Indonésia pode ser a mais antiga do mundo

Uma pirâmide localizada fora do Egito está sendo considerada como a mais antiga já construída pelo homem. Ela está localizada na Indonésia e sua estrutura está enterrada no topo de um vulcão inativo.

Chamada de Gunung Padang, que significa "montanha da iluminação", a pirâmide possui cerca de 30 metros de profundidade. Apesar ainda estar envolta em muitos mistérios, parte deles começou a ser desvendado graças a um estudo publicado na revista Archaeological Prospection.

Gunung Padang está relativamente próxima de outros sítios megalíticos famosos na Indonésia. (Fonte: Getty Images/Reprodução)Gunung Padang está relativamente próxima de outros sítios megalíticos famosos na Indonésia. (Fonte: Getty Images/Reprodução)

Redescobrindo Gunung Padang

De longe, Gunung Padang parece ser um simples terraço de pedra, mas sob a superfície, existe uma construção bastante complexa que teria sido projetada ao longo de diferentes períodos. Estudiosos defendem que, ao contrário do que se especula, ela foi construída pelo homem.

Ao investigar o local, os pesquisadores investiram em diversos métodos, perfurando a superfície e coletando amostras para análise, utilizando radares e realizando o mapeamento da área. A pesquisa de campo, iniciada em 2011, perdurou até 2014, permitindo que um estudo multidisciplinar fosse realizado.

A datação por radiocarbono do solo realizada indica que a construção iniciou durante a última era do gelo, entre 25000 a.C. e 14000 a.C. Ainda será necessário prosseguir em estudos para obter mais respostas, mas as evidências já reunidas apontam que a obra em torno de Gunung Padang foi interrompida em diferentes momentos.

Evidências indicam que Gunung Padang é a pirâmide mais antiga já construída pelo homem. (Fonte: Getty Images/Reprodução)Evidências indicam que Gunung Padang é a pirâmide mais antiga já construída pelo homem. (Fonte: Getty Images/Reprodução)

Construção ocorreu em diferentes períodos

Esse processo de construção, após a primeira fase, no período paleolítico, teria sido retomado em meados de 7900 a.C e 6100 a.C, quando parte de sua estrutura teria sido enterrada. O mesmo ocorreu entre 6000 a.C. e 5500 a.C.

A parte final da pirâmide, por sua vez, teria sido concluída entre 2000 a.C. e 1100 a.C — é nessa etapa que foram inseridos o solo superior e os terraços de pedra que conhecemos. Em outras palavras, Gunung Padang seria mais antiga que a famosa pirâmide de Gizé.

O estudo destaca que o expressivo domínio da engenharia presente nessa obra não corresponde ao observado em outras composições do período, o que denota que as antigas civilizações teriam conhecimento o bastante para investir numa edificação mais sofisticada. Evidências obtidas por meio de ondas sísmicas ainda indicam a presença de câmaras que teriam 15 metros de comprimento e 10 metros de altura.

Mas para colocar um ponto final na teoria que a pirâmide teria surgido em virtude da ação de diferentes fatores naturais, descobrir quais povos teriam investido na sua construção faz parte dos objetivos envolvidos nas pesquisas. Com o olhar voltado para uma futura exploração, arqueólogos também planejam inserir uma câmera para visualizar em detalhes o interior dessa antiga pirâmide.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.