Por que alguns homens levam tanto tempo para fazer cocô?

Por que alguns homens levam tanto tempo para fazer cocô?

Último Vídeo

Uma grande questão que percorre a maioria dos lares do mundo diz respeito a um assunto corriqueiro porém intrigante: por que os homens demoram tanto tempo no banheiro fazendo cocô? Algumas pesquisas médicas chegaram a ser publicadas sobre a matéria.

No entanto, não foi possível estabelecer um consenso visto que, quando querem, os homens chegam até a ser mais rápidos no cumprimento de seus deveres excretórios do que as mulheres. 

De fato, no ano de 2009, um estudo publicado na revista Gender Medicine investigou diferenças comportamentais de gênero em várias situações de fazer cocô. Foram pesquisados fatores como constipação, consistência fecal, uso dos dedos no processo de evacuar e outras condições relacionadas ao "número dois". 

Os especialistas concluíram que as mulheres são mais propensas a "hábitos intestinais anormais" do que os homens, o que não faz muito sentido, pois, nesse caso, seriam elas a passar mais tempo no banheiro.

Fonte: ShutterstockFonte: Shutterstock

Pesquisas de gênero sobre comportamento no banheiro

Num estudo anterior, realizado pela revista científica Gut em 1992, um questionário elaborado para mensurar as diferenças de gênero em hábitos intestinais foi distribuído a um grupo de quase 1,9 mil homens e mulheres na Inglaterra. 

A conclusão foi que, apesar de a maioria das pessoas (independentemente de sexo), não apresentarem uma "situação intestinal convencionalmente normal", estatisticamente falando eram as mulheres as mais predispostas a enfrentar desafios no banheiro.

Outra pesquisa, também realizada no Reino Unido pela empresa de eletrodomésticos UK Bathrooms, foi divulgada no jornal Daily Mail, e revelou que homens passam em média 1 hora e 35 minutos semanais no banheiro, contra 55 minutos das mulheres. Esses valores representam 14 minutos diários para homens e menos de 8 minutos para as mulheres.

A mesma pesquisa revelou empiricamente uma situação que já era intuída: na eternidade passada no banheiro, os homens realizam mais coisas do que apenas cocô. De fato, ficou comprovado que 86% dos homens fazem a maior parte de suas leituras sentados naquele recinto, em comparação com apenas 27% das mulheres.

Razões psicológicas

Em entrevista ao site Live Science, o psicoterapeuta e escritor de Nova Iorque Jonathan Alpert propõe que talvez esses homens estejam na verdade buscando consolo dos problemas da vida no banheiro. 

isso significa que é bem possível que, ao passar uma boa parte de suas vidas dedicadas a atividades excretoras, isso pode significar simplesmente que os homens desejem apenas alguns minutos de privacidade. Na privada. 

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.