Após ser curada da covid-19, brasileira ajuda pessoas a lidar com a doença

Após ser curada da covid-19, brasileira ajuda pessoas a lidar com a doença

Último Vídeo

Em meados de março, a fotógrafa Isadora Aragão, de 28 anos, recebeu o diagnóstico positivo para covid-19. Ela foi a quinta paciente confirmada com coronavírus no Rio Grande do Norte. Após o isolamento de duas semanas, a fotógrafa foi considerada oficialmente curada e resolveu ajudar outras pessoas com a doença, a partir de sua própria experiência.

Apesar de ter um quadro clínico avaliado como leve, Isadora sentiu sintomas de tosse seca, febre baixa, dor de cabeça intensa, diarreia e perda do paladar e olfato, além de falta de ar e cansaço. Mas o principal desafio enfrentado foi lidar com os próprios sentimentos. Ela chegou a precisar de ajuda profissional durante a doença.

“Como já sofro a ansiedade, chegou uma hora que eu não sabia o que era o sintoma de vírus e o que era da ansiedade. Então é importante que todos fiquem tranquilos”, contou Isadora para o G1.

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

A fotógrafa resolveu abrir o seu perfil de Instagram para acalmar as pessoas que sofrem com a doença. Ela passou a receber mensagens de pessoas com dúvidas sobre sintomas e em busca de um apoio emocional.

Mesmo curada e considerada fora da faixa de transmissão, a fotógrafa pretende permanecer em isolamento até o final da quarentena. Para ela, isto é importante porque o vírus é desconhecido e pode haver reincidência.

Além disso, a fotógrafa considera o isolamento da sociedade importante para dar tempo para a rede de saúde prestar assistência nos casos mais graves.

Solidariedade em meio à pandemia

Ver essa foto no Instagram

Projeto social para ajudar famílias no período de isolamento social

Uma publicação compartilhada por @ isadoraaragao em

Além de conversar nas redes sociais sobre a sua experiência com a covid-19, a fotógrafa passou a apoiar um projeto social que surgiu em Natal para ajudar moradores de bairros populares que estão em quarentena na capital.

O projeto Ajude Aí arrecada dinheiro para comprar cestas básicas e kits de higiene e distribuir para beneficiários como vendedores ambulantes, que não podem trabalhar por causa da crise de saúde.

Em uma primeira ação mais de 80 cestas básicas foram doadas. O contato para doações pode ser feito pelo perfil do projeto no Instagram.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.