Dia Nacional do Café: conheça a origem da data

Comemora-se nesta segunda-feira (24) o Dia Nacional do Café, que homenageia uma das bebidas mais consumidas no mundo. Seja puro ou em uma de suas variações (expresso, cappuccino, americano, pingado, mocaccino etc), ele também é uma paixão no Brasil.

A data, criada em 2005 pela Associação Brasileira da Indústria do Café (ABIC) para valorizar e promover o consumo do café de qualidade, foi escolhida por um motivo especial. É que o dia 24 de maio marca o início da colheita nas principais regiões cafeeiras do território nacional.

Maior produtor de café do planeta, o Brasil possui cerca de 300 mil estabelecimentos produtores, sendo 78% da cafeicultura familiar, de acordo com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). Estas lavouras atendem aos mercados interno e externo mais exigentes, além de fortalecerem aspectos econômicos, sociais e ambientais.

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Ainda conforme a Embrapa, os grãos são produzidos em 16 estados, nas cinco regiões, totalizando 1.448 cidades envolvidas no processo, o que corresponde a 26% dos municípios brasileiros. Vale destacar também a geração direta e indireta de empregos, que chega a 8 milhões de postos de trabalho.

Propriedades do café

Maior exportador e segundo no consumo ao nível mundial, o Brasil possui uma enorme quantidade de apreciadores da bebida. De acordo com a ABIC, cada brasileiro consumiu 4,81 kg de café torrado em 2020, em média, podendo ter acesso a uma série de benefícios associados à ingestão do produto.

Consumida de maneira moderada, até quatro vezes ao dia, a bebida ajuda a aumentar a capacidade de concentração, tendo efeitos ainda sobre a memória, a atenção e o aprendizado. Ela também pode diminuir o mau humor e evitar a depressão, graças à presença da cafeína, seu princípio ativo.

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

O aumento da expectativa de vida em até dois anos é outra vantagem, beneficiando as pessoas que consomem pelo menos duas xícaras por dia. E sabe o pó que resta após coar a bebida? Popularmente chamado de borra de café, ele funciona como adubo para as plantas.

Por outro lado, é preciso tomar cuidado para não exagerar no consumo. Quando isso acontece, podem surgir problemas como nervosismo, inquietação, excitação, insônia, espasmos musculares, alteração no ritmo cardíaco e desconforto gastrointestinal, causados pelas altas doses de cafeína.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.