Seja o primeiro a compartilhar

'Amigo da onça': como surgiu essa expressão?

Se temos um amigo um tanto quanto falso ou pouco confiável, podemos chamá-lo de "amigo da onça". Mas de onde surgiu essa expressão? O responsável por popularizá-la foi o cartunista pernambucano Péricles Albuquerque Maranhão (1924-1961), que trabalhava na revista O Cruzeiro, muito popular na década de 1950.

A frase, no entanto, nem sempre foi difundida por todas as partes do Brasil. Por ter surgido como algo interiorano, demorou algum tempo até que chegasse aos grandes centros e "caísse nas graças" do povo. Então vamos descobrir mais informações sobre a origem dessa expressão e como ela passou a ser utilizada em todo país!

Difusão da expressão

(Fonte: Péricles/Reprodução)(Fonte: Péricles/Reprodução)

Na década de 1940, Péricles decidiu criar um novo personagem para aparecer nas páginas da revista e o nomeou de "Amigo da Onça". A criação foi uma sugestão do então diretor, Leão Gondim de Oliveira, que era um notório fã do personagem El Enemigo del Hombre, criado por Guillermo Divito (1914-1969) e publicado a partir de 1938 na revista Patoruzú.

O desejo de Gondim era ter uma figura bastante carioca, que carregasse a fama de malandro e sempre tentasse levar a melhor sobre as outras pessoas. Como inspiração, o chargista compôs o tipo físico do personagem pensando em um garçom que trabalhava no bar onde costumava esboçar suas piadas, a quem ele considerava chato. 

Segundo Péricles, esse garçom teria dito que "gostaria de ter esse vidão!" quando descobriu que ele ganhava dinheiro produzindo charges. Logo, o nome do personagem acabou virando sinônimo para alguém que é um amigo falso ou que vive colocando as outras pessoas em situações delicadas e embaraçosas. Como as páginas de Péricles foram as mais lidas no O Cruzeiro entre 1943 e 1961, ano em que faleceu, a expressão acabou se difundindo pelo país e se tornou extremamente popular.

Origem alternativa

(Fonte: Shutterstock)(Fonte: Shutterstock)

Na visão de alguns pesquisadores, essa expressão teria tido origem baseada em uma tradicional história contada no interior. O conto dizia que um caçador relatava aos seus amigos como havia sido perseguido por uma enorme onça durante uma de suas aventuras, afirmando ter fugido até onde conseguiu e perdido sua espingarda no meio do caminho.

Instantes depois, ele acabou sendo encurralado no meio da mata, apenas podendo gritar o mais alto que podia para escapar da situação. Em sua versão, o caçador teria afirmado que seu berro foi tão forte que conseguiu deixar o animal apavorado, o que despertou dúvidas em seus amigos, que afirmavam: "se essa história fosse verdade, você teria sido devorado".

Indignado com a falta de crença em seu conto, ele teria retrucado dizendo "vocês são meus amigos ou amigos da onça?". E, então, a expressão "amigo da onça" virou símbolo de amizades duvidosas.

Diferentes conotações

(Fonte: Pixabay)(Fonte: Pixabay)

Apesar de ter surgido há quase 8 décadas, a expressão "amigo da onça" continua sendo bastante conhecida entre os brasileiros e utilizada por diferentes gerações. Embora tenha surgido como um modo para se referir a alguém de maneira insultuosa ou pejorativa, nem sempre ela tem essa conotação.

Em alguns casos, ela pode ser usada de maneira descontraída entre amigos genuinamente verdadeiros para fazer piada de alguma situação. Alguns grupos de pessoas costumam participar da brincadeira Amigo da Onça, que é bastante similar ao Amigo Oculto, mas substituindo os presentes dados por algo considerado inútil ou sarcástico.

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.