Seja o primeiro a compartilhar

Betty Brosmer: de modelo pin-up a ícone da indústria fitness

Betty Weider construiu seu império na indústria fitness ao lado do marido, o fisiculturista Joe Weider — criador do famoso concurso Mr. Olympia, que revelou Arnold Schwarzenegger. Mas a história de Betty começa bem antes do casamento, em sua adolescência nos anos 1950.

Nascida em 1935, na Califórnia, Betty Brosmer foi criada por um pai fã de esportes e aprendeu a gostar de todo tipo de exercícios. Descoberta por um fotógrafo aos 13 anos, se mudou aos 15 para trabalhar em Nova York, como modelo pin-up — aquele estilo clássico de fotos, com belas mulheres em poses provocantes, mas que podem até parecer inocentes hoje. 

Em pouco tempo, a beleza e o carisma da jovem Betty Brosmer a ajudaram a conquistar muito espaço na mídia norte-americana. Ela apareceu em todo lugar, de outdoors e capas de revista a caixas de leite. Mesmo que ainda fosse adolescente, Betty posava para fotos em que parecia um mulherão de 20 e tantos anos. 

Mas o que mais destaca a história de Betty de outras modelos de sua época é que a garota era muito inteligente. Ela sempre buscou contratos que, além de lhe pagar bem, lhe dessem direito sobre suas fotos, por exemplo. Assim, ela poderia receber um percentual por cada reprodução — até porque, na época, uma foto de pin-up poderia parar em milhões de pôsteres pelo país.

Betty Brosmer em sua época pin-up (Fonte: The Teal Mango / Reprodução)Betty Brosmer em sua época pin-up (Fonte: The Teal Mango / Reprodução)

Primeira dama da indústria fitness

A entrada de Betty Brosmer no mundo fitness aconteceu quando ela foi convidada para posar nas revistas do fisiculturista Joe Weider, pioneiras nos Estados Unidos. Joe se apaixonou pela bela modelo, então conhecida por sua "cintura impossível" de tão fina, e começou a chamá-la cada vez mais para fotos. Em 1961, se casaram.

A partir disso, Betty Weider começou a escrever as próprias colunas com dicas de musculação para mulheres, tornando-se uma das principais referências no assunto no mundo, por décadas. Diferente de diversas pessoas de sua indústria, ela defendia que as modelos deveriam sempre parecer saudáveis, por exemplo. 

Schwarzenegger, que além de ganhador do concurso Mr. Olympia era amigo do casal, diz que a influência de Betty sobre o marido foi importantíssima para que seus negócios se tornassem um império do mundo fitness. Entre outras questões, ela aconselhou seu marido a trazer dicas para homens que só queriam entrar em forma, sem virar fisiculturista — o que expandiu muito o público das revistas e os transformou em celebridades. 

Ao longo das décadas, Betty Weider se tornaria muito mais conhecida por sua carreira como "a primeira dama da musculação", com suas origens pin-up quase esquecidas. Mas sua influência na época que foi tão grande que as fotos de Betty são relembradas até hoje — como no ensaio de Billie Eilish para a revista Vogue, em 2021. A história de Betty e Joe Weider também inspirou o filme "Bigger", em 2018.  

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.