Seja o primeiro a compartilhar

Conheça os sintomas do câncer de pulmão, doença diagnosticada em Rita Lee

A cantora Rita Lee foi diagnosticada com câncer no pulmão, conforme anunciou a artista em seu perfil no Instagram, nessa quinta-feira (20). Segundo ela, um tumor primário no pulmão esquerdo foi identificado durante exame de rotina e o tratamento, à base de imunoterapia e radioterapia, será iniciado.

Considerada um dos tipos de câncer mais comuns no Brasil, de acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), a doença é relacionada principalmente ao consumo de cigarro e outros produtos derivados do tabaco. A enfermidade também pode ser causada pela exposição passiva ao fumo, associada a vários outros problemas.

No caso da artista, trata-se de um tumor surgido no próprio órgão, ou seja, ele não se originou de uma metástase (formação de uma nova lesão tumoral a partir de outra já existente). Por isso, é utilizado o termo “primário” para identificá-lo.

Sintomas do câncer de pulmão

Em geral, os sinais do câncer de pulmão só aparecem com a doença em estágio avançado, dificultando a sua detecção precoce. No entanto, algumas pessoas podem apresentar os sintomas logo no início do quadro. Os mais comuns são:

  • Tosse persistente
  • Tosse com expectoração mucosa ou com sangue
  • Rouquidão
  • Dores no tórax e no peito
  • Perda de peso e de apetite sem causa aparente
  • Falta de ar
  • Infecções com repetição
  • Fadiga

Ao se disseminar para outros órgãos, a doença pode causar:

  • Dor nos ossos
  • Icterícia (mucosas e pele na cor amarelada)
  • Alterações no sistema nervoso
  • Aparecimento de nódulos próximos à superfície do corpo

Como é feito o tratamento?

Os sintomas mencionados acima são muito parecidos aos de várias outras condições. Dessa forma, é essencial procurar o médico quando estes sinais surgirem, para que seja feito o diagnóstico corretamente e iniciada a terapia mais adequada para cada caso, imediatamente.

Identificada a doença, o tratamento do câncer de pulmão varia conforme o tipo de tumor e o estágio da doença. Ele pode envolver imunoterapia, quimioterapia, radioterapia ou cirurgia, além do uso combinado dessas modalidades.

Tratamento radioterápico. (Fonte: EBC/Reprodução)Tratamento radioterápico. (Fonte: EBC/Reprodução)

A equipe médica que cuida de Rita Lee optou por mesclar a imunoterapia e a radioterapia para tratá-la. Na primeira, usam-se células do sistema imune manipuladas geneticamente para combater os tumores. Já na segunda, são aplicadas radiações ionizantes para reduzir o tumor ou destruir as células restantes.

Você sabia que o Megacurioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.