Beber café em excesso aumenta o risco de demência, diz estudo

Tomar aquela xícara de café quentinho pela manhã pode ser tudo que o corpo precisa para começar o dia com mais disposição. No entanto, talvez seja preciso um pouco de cuidado com isso: segundo um estudo conduzido por pesquisadores da University of South Australia, ingerir em excesso a bebida pode aumentar o risco de demência.

O que diz o estudo?

De acordo com Kitty Pham, candidata a doutorado na University of South Australia e responsável por liderar uma equipe de pesquisadores internacionais, as descobertas servem de alerta para os riscos que podem surgir com o consumo exagerado de café.

A pesquisa foi feita com base nos dados de 17.702 voluntários com idades entre 30 e 37 anos. Segundo os resultados do estudo, publicado recentemente na revista Nutritional Neuroscience, 53% dos participantes que bebiam mais de 6 xícaras da bebida por dia apresentaram aumento do risco de desenvolver demência.

Pesquisa trouxe novos insights sobre os riscos de exagerar no caféPesquisa trouxe novos insights sobre os riscos de exagerar no café.

Vale ressaltar que demência é um termo genérico usado para doenças neurodegenerativas e condições relacionadas à memória, sendo caracterizada por uma série de sintomas, como mudança de comportamento, disfunção cognitiva e perda da capacidade de reter e lembrar informações. 

Também foi percebida a predominância de outras doenças neurológicas e mudanças físicas no cérebro das pessoas desse grupo. Por outro lado, apesar dos resultados, os pesquisadores dizem que ainda não é possível afirmar quais são os motivos que fazem o café estar relacionado à demência e a outros problemas, como o derrame.

Elina Hyppönen, diretora do Australian Centre for Precision Health, departamento da University of South Australia responsável pelo estudo, diz que a moderação no consumo é a chave. Segundo ela, consumir entre duas ou três xícaras de café por dia geralmente é algo positivo, mas é preciso ficar atento, pois se a ingestão da bebida for muito alta, é melhor repensar o hábito. Além disso, a pesquisadora sênior da universidade recomenda manter o corpo sempre hidratado e, se possível, tomar água após beber café.

Não exagerar é a recomendação para consumir café de forma saudávelNão exagerar é a recomendação para consumir café de forma saudável

Nesse sentido, estudos e pesquisas como essa podem ser muito úteis para os brasileiros. Afinal, por aqui, o café ocupa o segundo lugar das bebidas mais consumidas pela população, perdendo apenas para a água. 

Você sabia que o Mega Curioso está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.